Capitão Z - 81 - Ebal

Mais uma do acervo do falecido fórum Chamada Geral.
Para os que não o conheceram era um fórum de quadrinhos
especializado em revistas da Ebal. Eu tive a felicidade
de ser uma de suas usuárias. Como o fórum não existe mais
estou disponibilizando o que baixei.
Raridade mesmo!
Essa hq tem 'apenas' 47 anos!

Comentários

  1. Acompanhava com um certo afinco a série depois que a conheçi em idos dos 80s...tive quase 3 centenas de volumes e hoje mantenho em minha coleção particular cerca de 2 centenas...gostaria de saber como poderia encontrar edições antigas em razoável estado de conservação e a preços acessiveis,principalmente aqueles que contem plantas de equipamentos...recentemente descobri a edição nova em volumes duplos e até adiquiri um volume destes o 762/763...que coincidentemente vinha com uma planta técnica...estes livros me influenciaram a escrever anomimamente e é um dos momentos mais importantes que eu tive até hoje em minha vida...pretendo aprender alemão para importar os originais...antes disto irei adiquirir todos os que sairam em lingua pátria e tentar dar uma força para que a edição nacional floresça e não desaparesça completamente como está arriscada seriamente de aconteçer desde que suspenderam a sua publicação...a melhor estória que eu li até então é a do volume P-200...que abriu na minha opinião modesta e humilde o melhor ciclo até aqui publicado em português...os senhores das galáxias...espero poder desfrutar ainda durante um bom tempo desta fonte de conheçimentos em todas as áreas que são estes livros de contos aparentemente simples mas que vão muito além doque aparentam a príncipio...além de ser um ótimo difusor de cultura mais esmerada para as gerações mais recentes também é uma leitura muito agradável para estes conturbados dias atuais aonde muito de idealismo e causa se perderiam para sempre segundo denotamos em nosso irreal cotidiano surreal por não raras vezes...aonde toda e qualquer coisa que possibilite o amoras letras e a princípios menosmaterialistas dos que a grande mídia propaga e deteriora de um modo geral amplo e irrestrito para estas pobres - em todos os sentidos - gerações que só detem a facilidade de conseguir informação mas não informação de qualidade e nem com a profundidade nessesária para que se desenvolva um verdadeiro e genuíno amor pelas belas artes e cultura elevada dum modo geral...embora sendo impregnada por um certo militarismo expansivo e por momentos idos até mesmo humanitarista,oque levaria qualquer jovem a refletir melhor sobre todas as coisas que o cercam e até aonde algumas coisas chegam e são de factus...

    ResponderExcluir
  2. Acompanhava com um certo afinco a série depois que a conheçi em idos dos 80s...tive quase 3 centenas de volumes e hoje mantenho em minha coleção particular cerca de 2 centenas...gostaria de saber como poderia encontrar edições antigas em razoável estado de conservação e a preços acessiveis,principalmente aqueles que contem plantas de equipamentos...recentemente descobri a edição nova em volumes duplos e até adiquiri um volume destes o 762/763...que coincidentemente vinha com uma planta técnica...estes livros me influenciaram a escrever anomimamente e é um dos momentos mais importantes que eu tive até hoje em minha vida...pretendo aprender alemão para importar os originais...antes disto irei adiquirir todos os que sairam em lingua pátria e tentar dar uma força para que a edição nacional floresça e não desaparesça completamente como está arriscada seriamente de aconteçer desde que suspenderam a sua publicação...a melhor estória que eu li até então é a do volume P-200...que abriu na minha opinião modesta e humilde o melhor ciclo até aqui publicado em português...os senhores das galáxias...espero poder desfrutar ainda durante um bom tempo desta fonte de conheçimentos em todas as áreas que são estes livros de contos aparentemente simples mas que vão muito além doque aparentam a príncipio...além de ser um ótimo difusor de cultura mais esmerada para as gerações mais recentes também é uma leitura muito agradável para estes conturbados dias atuais aonde muito de idealismo e causa se perderiam para sempre segundo denotamos em nosso irreal cotidiano surreal por não raras vezes...aonde toda e qualquer coisa que possibilite o amoras letras e a princípios menosmaterialistas dos que a grande mídia propaga e deteriora de um modo geral amplo e irrestrito para estas pobres - em todos os sentidos - gerações que só detem a facilidade de conseguir informação mas não informação de qualidade e nem com a profundidade nessesária para que se desenvolva um verdadeiro e genuíno amor pelas belas artes e cultura elevada dum modo geral...embora sendo impregnada por um certo militarismo expansivo e por momentos idos até mesmo humanitarista,oque levaria qualquer jovem a refletir melhor sobre todas as coisas que o cercam e até aonde algumas coisas chegam e são de factus...

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas