31 de janeiro de 2012

[YT] Camisa de Vênus "Eu não matei Joana D'arc"



Nota da Fê: Falando no diabo... Primeira apresentação do Camisa de Vênus em Porto Alegre no Auditório Araújo Viana!

Carvalho! Não sabia que tinha imagens! Ah, TVE! Salvando a memória do rock nacional! Deve ter sido para o 'Pra Começo de Conversa'. Um ótimo programa jovem da época. 'Avô' do Radar entre outros.

[YT] Camisa de Vênus - Show Ginasio do Ibirapuera (1987)



Nota da Fê: Bons tempos do rock nacional! Porto Alegre tem uma história muito legal com o camisa: Foi a primeira das ‘grandes’ capitais a 'descobrir' a banda. Em 1984 meu irmão foi no antológico primeiro show deles aqui, ainda no Araújo Viana e em 1985 fui no hoje memorável show em que o Camisa lotou o Gigantinho. Inesquecível. Mauro Borba comenta bem essa história no seu livro 'Prezados Ouvintes'. Excelente livro, diga-se de passagem. Recomendo! Polegar para cima

[YT] GuitarPad A guitar App on iPad special for fingerstyle



Nota da Fê: Esse app eu não conhecia! Muito interessante. Show é o Garage Band. Pena que não posso tocar.

Vintage69 de Luto

Acabei de descobrir que dois dos meus blogs favoritos O Sebo Digital e o Quadrinhos Antigos fecharam suas portas. Muito triste isso. Os dois trouxeram pérolas do passado para a era digital. Perda irreparável. Smiley triste

Só nos resta agradecer a ambos pelo esforço e pelo excelente material que disponibilizaram. Sentiremos saudades! Boa sorte, meus amigos! Polegar para cima

30 de janeiro de 2012

"Nós sempre fomos amigos próximos", conta Bill Gates sobre Steve Jobs

Image634635436280717383Ícones da primeira era da computação pessoal, Bill Gates e Steve Jobs passaram décadas vendendo suas ideias e inovações a bilhões de consumidores ao redor de todo o mundo, que durante este tempo alimentaram a ilusão de que havia uma rivalidade pouco saudável entre os dois CEOs-superstars.

Mas durante uma entrevista à rede de TV ABC na semana passada, Gates afirmou que, para lamento dos fanboys e alegria do resto da humanidade, sempre teve uma “amizade muito próxima” com o fundador e guru da empresa da maçã.

“Nós dois sempre gostamos de conversar um com o outro. Ele sempre dizia coisas estimulantes e interessantes (…) Nós conversávamos sobre outras empresas que estavam surgindo. Nós também falávamos sobre nossas famílias e como éramos afortunados por termos casados com nossas esposas. Sempre eram grandes conversas relaxantes”, disse Gates à emissora de televisão.

“Claro, éramos competidores, mas isso é sempre algo positivo”, disse Gates, desta vez ao jornal britânico Telegraph, em uma entrevista também na semana passada. Depois de falar de seus famosos projetos de filantropia, o fundador da MS se voltou ao antigo colega.

“Sempre que nos encontrávamos em um evento, não podia ser mais agradável. Nós passamos muito tempo juntos no ano passado. Ficamos horas falando a respeito do futuro”, disse.

Quando o destino do amigo parecia ser inevitável, Gates disse que escreveu uma carta ao colega, mas lembra que “não haviam pazes a serem feitas. Não estávamos em guerra”, afirmou.

Segundo Gates, quando a biografia de Jobs estava prestes a chegar às lojas, a viúva Laurene Jobs o telefonou: “Olhe, o livro realmente não mostra o tamanho do respeito mútuo que vocês nutriam. Ele realmente gostou da carta que você mandou e a manteve ao lado da cama até seu último momento”, disse a primeira dama da Apple. O conteúdo da carta, claro, não foi revelado.

Com informações: CNET News

Tecnoblog

[YT] Já existe o carro que anda sozinho!



Nota da Fê: Por que estou lembrando de Eu, Robô?
Ironia das ironias! Quantas vidas estes carros poderão salvar.
Que venham, então! O quanto antes!

[YT] Introducing the HUD to Ubuntu



Nota da Fê: A princípio não parece uma boa idéia. Mas, com comandos de voz... maybe.

Site de downloads The Pirate Bay promove Paulo Coelho em página inicial

Image634634786002384827O site de compartilhamento de arquivos Pirate Bay anunciou um sistema para promover bandas, filmes, escritores e outros artistas que estejam alinhados com sites de download e defendam o compartilhamento de informações.

O famoso escritor brasileiro Paulo Coelho foi um dos primeiros a participar. O logotipo do Pirate Bay, um navio pirata, foi substituído por uma foto de Coelho. A foto contém um link direcionado para o blog do escritor.

"Assim que fiquei sabendo, decidi participar. Muitos dos meus livros estão lá e, como eu disse em um post anterior, as vendas dos meus livros físicos têm aumentado desde que meus leitores os colocaram em sites de download", disse Paulo Coelho em seu blog.

Paulo Coelho recentemente se posicionou fortemente contra o Sopa e o Pipa, projetos de lei norte-americanos antipirataria que foram adiados indefinidamente após protesto de milhares de sites.

Folha

29 de janeiro de 2012

[YT] Star Trek - Klingon Happy Meal (1979)

28 de janeiro de 2012

Integrantes do Monty Python se reúnem para novo filme

Image634633097359790489Membros do grupo Monty Python vão se reunir novamente para fazer um novo filme, uma paródia de ficção científica, informou o ex-integrante da trupe, Terry Jones.

"Absolutely Anything" (Absolutamente tudo) não será exatamente um filme do Monty Python, mas membros-chave do grupo, como John Cleese, Michael Palin e Terry Gilliam, participarão no projeto. Terry Jones será o diretor.

O comediante Robin Williams também emprestará sua voz para o filme, que combinará animação com cenas reais, e os produtores estão tentando recrutar outro integrante da trupe britânica, Eric Idle.

"Não é um filme dos Monty Python, mas certamente terá seu espírito", afirmou Jones à revista "Variety".

No filme, os membros do Monty Python interpretarão extraterrestres que dão a um terráqueo o poder de fazer "absolutamente tudo", com a intenção de ver o desastre que isso pode causar.

Robin Williams interpretará um cachorro que fala, chamado Dennis e que vai entender mais do que ninguém o que está acontecendo.

Os cinco ex-Python se reuniram pela última vez em 1998, no festival de comédia de Aspen (Colorado, oeste dos EUA), junto com uma urna que supostamente continha as cinzas de outro membro do grupo, Graham Chapman, falecido em 1989.

Folha

Nasa faz homenagens a astronautas mortos em serviço

Image634633080476444816Nasa (agência espacial americana) lembrou nesta semana os astronautas mortos na missão Apolo 1 e nos ônibus espaciais Challenger e Columbia, assim como os funcionários que perderam a vida em prol da exploração espacial.

Como em todos os anos, na última semana de janeiro, a agência espacial americana quer 'homenagear suas vidas e lembranças', disse o diretor da Nasa, Charles Bolden.

Bolden declarou que, toda vez que os homens e mulheres da Nasa sobem em uma nave espacial, não só empreendem um caminho para realizar 'grandes descobertas' e abrem a possibilidade de 'ampliar os limites das realizações humanas', como também arriscam suas próprias vidas.

O diretor da Nasa fará a homenagem junto com o diretor do Centro Espacial Kennedy e o ex-astronauta Robert Cabana, no memorial Space Mirror Memorial, em Cabo Canaveral, na Flórida.

Bolden espera que estes sacrifícios sirvam de inspiração para as próximas gerações e pediu aos funcionários da Nasa para que façam ouvir sua opinião e se dirijam a seus superiores para que 'a segurança seja sempre prioridade'.

As falhas humanas estiveram entre as causas de algum destes acidentes. Os três tripulantes do Apolo 1, Gus Grissom, Ed White e Roger Chaffee morreram no dia 27 de janeiro de 1967 em um incêndio no módulo de comando durante um teste do dispositivo.

Apesar do desastre, o programa continuou para levar à Lua, em 16 de julho de 1969, na nave Apolo 11, os astronautas Neil Armstrong, Buzz Aldrin e Michael Collins.

Já a nave Challenger se desintegrou em 28 de janeiro de 1986, pouco mais de um minuto após seu lançamento no Centro Espacial Kennedy. Entre os sete tripulantes que morreram estava Christa McAuliffe, uma professora que fazia parte de um projeto da Nasa para levar a ciência aos estudantes.

A tragédia causou um grande impacto na sociedade americana, o que levou a Nasa a realizar uma revisão em todos os seus sistemas e procedimentos centrada na segurança.

No entanto, em fevereiro de 2003, os Estados Unidos enfrentaram outra tragédia espacial, quando os sete tripulantes da nave Columbia morreram no momento em entraram na atmosfera terrestre.

O presidente americano, Barack Obama, também falou sobre os astronautas e suas famílias e, em comunicado, destacou que aqueles que perderam sua vida em nome da exploração espacial 'nos ajudaram a chegar até aqui e é nosso dever honrá-los (...) concentrando-se no futuro'.

'A perda destes pioneiros é sentida todos os dias por suas famílias, amigos e colegas, mas nos consolamos ao saber que seu espírito seguirá nos inspirando para novas metas', continuou.

A Nasa está se preparando para realizar voos além da órbita terrestre e alcançar um asteroide, em 2025, além de realizar os primeiros voos tripulados a Marte, em 2030.

G1

27 de janeiro de 2012

Twitter vai ajustar seu ‘censor’ de acordo com o país

Image634632934396044544O microblog Twitter anunciou nesta sexta-feira um mecanismo que irá bloquear algumas mensagens, de maneira seletiva, levando em conta o país em que elas podem ser exibidas.

Em seu blog, a empresa anunciou que poderia "reter conteúdo de usuários de um país específico".

Mas disse também que o que for bloqueado em um país pode seguir disponível no restante do mundo. Até então, quando o Twitter decide apagar uma mensagem, ela desaparece em todo o mundo.

Expansão

A mudança vem à tona em um momento em que o site social está se expandindo para outros mercados globais.

A empresa explicou que esse crescimento internacional significa entrar em países que "têm idéias diferentes sobre liberdade de expressão" e citou como exemplos a França e a Alemanha, que vetam conteúdo pró-nazismo.

"Começando hoje, agora temos podemos reter conteúdo de usuários em países específicos – enquanto ele permanece visível no restante do mundo", disse a empresa em seu blog.

"Ainda não usamos essa ferramenta, mas se e quando ela for necessária, vamos tentar alertar o usuário e vamos deixar claro que determinado tweet foi bloqueado."

Críticas

A decisão foi criticada pelo grupo Repórteres Sem Fronteiras. "Essa medida pode permitir que o Twitter ou outras empresas na internet censurem conteúdos, criando riscos para a liberdade de informação e da imprensa."

"Seria interessante perguntar para eles que tipo de pesquisa eles fizeram para mostrar que benefícios teríamos ao censurar tweets em alguns países. Isso é algo problemático mesmo ou eles estão sendo pressionados por certas organizações ou certos regimes, para que possam continuar a funcionar nesses lugares?"

Em resposta, o Twittter disse: "Nossas políticas e nossa filosofia em relação ao reconhecimento da liberdade de expressão não mudou. Este é simplesmente um esclarecimento sobre como respondemos a requisitos legais."

Muitos usuários do Twitter também reclamaram da medida, com alguns destacando a possibilidade de um impacto negativo na liberdade de expressão, especialmente fora dos Estados Unidos.

BBC

Nota da Fê: É, parece que 2012 será lembrado como o ano da censura na internet…

26 de janeiro de 2012

Como o videogame foi criado

Image634632168208110431Neste ano, o videogame faz 40 anos. Aproveitemos a ocasião para ficarmos de cara grudada na TV, o lugar onde tudo começou.

Em 1951, cerca de 12 milhões de televisores existiam no mundo e Ralph Baer, engenheiro de televisão da Loral Electronics, pensava o que ele poderia fazer com suas habilidades extracurriculares com TVs. A empresa estava querendo evoluir a TV do ponto de vista tecnológico, e Baer diss epara seu chefe: não seria bem divertido se a televisão incorporasse um elemento de jogo à experiência? O cara já estava pensando no futuro, mas seus chefes não estavam prontos para a inovação. Foram necessárias mais duas décadas e uma empresa diferente para que a sugestão tomasse forma.

A TV a cores renovou o interesse de Baer na possibilidade de jogar jogos no televisor. Assim, em 1966, agora na empresa Saunders Associates, ele fez um esboço como um jogo de perseguição funcionaria. O resultado é um documento de quatro páginas que Baer considera seu momento Eureka dos videogames.

Usando um chassi de tubo de vácuo e um Gerador de Alinhamento de TV Heathkit CG-62, Baer criou algo que fazia com que as linhas e quadrados se movessem pela tela. Era um protótipo funcional, e finalmente seus chefes ficaram impressionados. Baer recebeu a luz verde e algum dinheiro para trabalhar em sua inovação e transformá-la em algo comercial.

Um mês depois, com uma equipe de pesquisadores no pacote, o grupo desenvolveu uma “arma de luz” que podia atingir os quadrados na televisão. (O primeiro Duck Hunt?) Baer batizou essa segunda tentativa de console de “Pump Unit”, por causa de uma alavanca que ficava ao lado do televisor. Ele tinha circuitos individuais para cronometragem, bem como gerador de cor e pontos. Com a evolução do modelo, os jogos evoluíram juntos: eles passaram de jogos de perseguição e tiro para pingue-pongue e handebol.

Baer criou sete consoles antes de chegar à versão programável que ele batizou com um nome bem bobo: “Brown Box”. (Ele provavelmente a chamaria de Putaconsoleanimalquequebratudoemgráficos se eles soubesse quão multibilionária a indústria dos games viria a ser.) Após oferecê-la a algumas empresas, Baer licenciou a Brown Box para a Magnavox em julho de 1971. Durante um ano de teste de jogos, a Magnavox chamou a unidade de “Skill-o-Vision”, antes de ele chegar ao mercado de verdade, em 1972, como o clássico “Odyssey”. O resultado foi bom, com 100 mil unidades vendidas no primeiro ano, mas não foi exatamente um sucesso enorme. O comum engano de que o Odyssey só funcionava em televisores da Magnavox pode ter diminuído a procura, mas um outro competidor apareceu nesse papo de videogame.

Baer se autointitula o pai dos videogames caseiros, mas foi o pai dos fliperamas que realmente fez a indústria dos games deslanchar. Após ver o jogo de pingue-pongue criado por Baer em uma demonstração em maio de 1972, Nolan Bushnell, fundador da Atari, lançou o Pong no fim do mesmo ano. O jogo foi lançado incialmente como uma máquina operada após o depósito de uma moeda antes de fazer sua transição para as salas. Certamente existiam similaridades entre os dois sistemas, mas a versão de Bushnell tinha controles mais simples e uma bolinha que nunca saía da tela.

Pong foi um hit, e até ajudou a aumentar um pouco as vendas do Odyssey. Mais jogos como ele foram lançados, e apesar de o lucro não ser grande, a Magnavox ganhou muito com diversos processos por violação de patentes. (A própria Atari licenciou a tecnologia da Magnavox em 1976 após perder um processo na Justiça.)

Após isso, a Atari carregou a tocha dos games. A empresa vendeu 30 milhões de consoles em três décadas. O primeiro console a separar o jogo do console foi o Atari 2600 VCS, de 1976, com cartuchos ROM programáveis por meio de software, e uma empresa formada por ex-designers da Atari, chamada Activision (talvez você já tenha ouvido falar) se tornou a primeira empresa a se focar exclusivamente na produção desses games em 1979.

Quarenta anos depois e oito gerações de consoles desde o primeiro design de Baer, a indústria dos games não para de crescer. Ou pelo menos é nisso que acreditam os blogueiros de games, claro.

Imagens: Shutterstock/Berci, Smithsonian

    Tecnoblog

    Você achava que SOPA e PIPA eram ruins? Conheça o ACTA, acordo internacional que promete limitar a internet

    Recentemente os projetos de lei antipirataria SOPA e PIPA, que dariam a criadores de conteúdo um poder absurdo sobre a internet, entraram na pauta do mundo inteiro depois que diversos sites fizeram blecautes em protesto. Porém, uma ameaça mais insidiosa está se espalhando, de maneira menos barulhenta: é o ACTA (Anti-Counterfeiting Trade Agreement), que quer implementar propostas semelhantes às da SOPA e PIPA no mundo inteiro.

    Foi legal ver o mundo inteiro se juntar à luta do pessoal dos EUA contra uma lei que tinha várias propostas muito erradas. Mas no fim das contas a SOPA e PIPA, mesmo podendo afetar sites de todo o mundo, eram leis americanas. Ninguém teria direito a usar tais leis fora dos EUA, fora da jurisdição americana.

    O ACTA, no entanto, é um acordo internacional: ele estipula duras regras sobre direitos autorais, e se preocupa apenas com os detentores de copyright, cujos abusos não serão coibidos. Há pouco que usuários e consumidores podem fazer contra ele, e não só na internet: o foco do ACTA é a pirataria digital, mas cobre também a pirataria física.

    Em seu ponto mais polêmico, o ACTA explica o que provedores de acesso e a polícia devem fazer para “prevenir” e impedir a pirataria, envolvendo até mesmo desconexão forçada de quem piratear pela terceira vez. Isto, obviamente, significa que seu provedor teria que monitorar tudo o que você faz na internet. Lá se vão a privacidade e a liberdade na rede.

    Os EUA vêm discutindo o ACTA com outros países em segredo, a portas fechadas, desde pelo menos 2007,  sem qualquer envolvimento de organizações civis – elas só puderam ver o texto finalizado. (Antes disso, no entanto, documentos do ACTA vazaram mais de uma vez.) Diversos países já assinaram o acordo: Canadá, Coreia do Sul, Japão, Marrocos, Cingapura, Austrália, Nova Zelândia e, claro, os EUA. O México e países da União Europeia também poderão ser signatários até 2013.

    Esta semana, a Polônia prometeu entrar no ACTA, o que motivou protestos nas ruas contra a medida: manifestantes com adesivos tapando a boca, máscaras de Anonymous e cartazes protestavam em frente a um escritório da UE. Além disso, desde domingo alguns sites locais saíram do ar depois de serem hackeados. Mesmo assim, a Polônia assinou o ACTA, tornando-se o primeiro país da UE a fazê-lo. A medida ainda precisa ser aprovada pelo Parlamento e pelo presidente.

    Os EUA querem empurrar o ACTA para outros países, oferecendo em troca vantagens comerciais, mas o Brasil já avisou: não vai fazer parte. É o que Kenneth Félix Haczynski, chefe da Divisão de Propriedade Intelectual do Itamaraty, disse ao Estadão. E mais: “os Brics não participaram [da discussão do Acta], assim como nenhum país sul-americano”. Ou seja, grandes países como Rússia, Índia, China e toda a América do Sul estão fora. Infelizmente, isso não quer dizer que o Brasil ficará livre das pressões pró-ACTA.

    Você pode encontrar mais informações sobre o ACTA no vídeo acima (com legendas em português), nesta reportagem do Estadão e no site www.stopacta.info. Comprometer liberdades civis para combater a pirataria de forma antidemocrática é algo que não podemos aceitar. [Estadão]

    McDonald's troca receita de hambúrguer após denúncia de chef

    Image634632104668786189Após o chefe de cozinha e ativista Jamie Oliver descobrir - e divulgar em seu programa de TV - que a rede McDonald's utiliza hidróxido de amônio para converter sobras de carne gordurosas em recheio para seus hambúrgueres nos Estados Unidos, a marca anunciou que mudará a receita, segundo informações do jornal Mail Online. "Estamos comendo um produto que deveria ser vendido como a carne mais barata para cachorros e, após esse processo, dão o produto para humanos", disse Oliver. "Por que qualquer ser humano sensato colocaria carne com amônio na boca de suas crianças?", questiona.

    O processo de conversão da carne é feito por uma empresa chamada Beef Products Inc (BPI), segundo o jornal. O veículo afirma ainda que esse processo nunca foi utilizado no Reino Unido, nem na Irlanda - que utilizam a carne de produtores locais. O McDonald's negou que tenha sito forçado a trocar sua receita por causa da campanha de Oliver. O jornal diz ainda que outras duas redes de comida rápida, Burguer King e Taco Bell, já tinham sido pressionadas e removeram o hidróxido de amônio de suas receitas.

    Nota da Fê: Hidróxido de amônio? Estamos bem arranjados! Imagina o que não rola ainda por aí...

    España firma el polémico tratado ACTA

    Image634631952092781717

    Tradução para o Português [Google] aqui.

    Nota da Fê: Atenção! Importante. Esse acordo é muito mais preocupante do que a SOPA e a PIPA juntas.

    Abba vai lançar sua primeira música inédita em 18 anos

    Image634631920828993531O Abba vai relançar o álbum The Visitors, de 1981, com uma faixa inédita.

    "From a Twinkling Star to a Passing Angel" foi gravada na época do lançamento de The Visitors, e será a primeira música inédita do grupo sueco em 18 anos, desde o lançamento da caixa Thank You for the Music (1994).

    A nova edição do disco, que chega às lojas em 23 de abril, ainda incluirá seis faixas bônus já conhecidas dos fãs. Haverá ainda um DVD com imagens raras do arquivo do grupo, incluindo a última performance ao vivo de sua carreira, em 1982, no programa da BBC, The Late, Late Breakfast Show.

    Omelete

    O Fortuna velut luna statu variabilis, semper crescis aut decrescis; vita detestabilis nunc obdurat et tunc curat ludo mentis aciem, egestatem, potestatem

     dissolvit ut glaciem....

    @adenatatsumi it's not a "real" language at all, although it sounds a bit like latin. Guy Protheroe "designed" it specially for this song, so that one could say it's similar to the Adiemus-project by Karl Jenkins, who is working with such pseudo-languages, too. The text is:

    In noreni per-i-pe, in noremi co-ra, tira mine per-i-to, ne do---mina.

    In romine tir-meno, -ne romine to-fa, imaginas pro-me-no per i--mentira.

    [YT] Excalibur (1981) - Trailer



    "Behold! The Sword of Power! Excalibur! Forged when the world was young, and bird and beast and flower were one with man, and death was but a dream!"

    Nota da Fê: Ahhhh! Diálogos assim não se fazem mais!!!

    Uma pequena homenagem a Nicol Williamson. Como o próprio Merlin diria: “A morte é apenas um sonho.”

    [YT] The Beastmaster [Part 1]



    Nota da Fê: Divertido filme de fantasia B. Clássico da era do VHS. Passava na Band milênios atrás. Acabou virando uma trilogia. O segundo filme eu lembro que foi exibido na Globo e o terceiro no SBT. Se teve mais um, sinceramente não lembro.

    Bela tema de abertura. Notável semelhança com o tema de BSG em alguns momentos. Marc Singer novinho, novinho! Smiley de boca aberta

    ATENÇÃO: Assista no YouTube.

    Ator James Farentino morre aos 73 anos

    Image634631467686134223

    O ator James Farentino, que atuou em mais de 100 papéis na televisão, cinema e teatro, morreu aos 73 anos, disse nesta quarta-feira (25) um porta-voz da família.

    Farentino morreu em um hospital de Los Angeles na terça-feira (24) após uma longa doença, disse o porta-voz.

    O ator era um rosto regular em programas de televisão como "ER", no qual ele interpretou o pai do personagem de George Clooney em 1996, "Dynasty" e "Melrose Place".

    Farentino foi nomeado para um Emmy por seu papel como o discípulo Simão Pedro na minissérie "Jesus de Nazaré", em 1977, e foi aclamado pela crítica por sua atuação como Stanley Kowalski no revival da Broadway de 1973 da peça "Um bonde chamado desejo".

    Depois de receber um Globo de Ouro como a melhor promessa em 1967 pela comédia "The pad e how to use it", Farentino fez vários filmes para o cinema e televisão. Sua aparição mais recente na tela foi a comédia de TV "Drive/II", de 2006.

    Farentino, que se casou quatro vezes, deixa sua última esposa Stella e dois filhos.

    G1

    Nota da Fê: Xiii... hoje a coisa foi pesada! Perdemos dois bons atores e com a mesma idade. Há muitos anos atrás rolou um boato de que James havia morrido. Infelizmente agora não é um boato. Sad

    25 de janeiro de 2012

    Nicol Williamson, ator de 'Excalibur', morre aos 73 anos

    Image634631192049008424

    Nicol Williamson, uma vez descrito por John Osborne como "o maior ator desde Marlon Brando", morreu após travar uma batalha com um câncer esofágico. Ele tinha 73 anos.

    Seu filho Luke disse no site oficial do pai que ele morreu no dia 16 de dezembro, em Amsterdã, onde viveu por mais de 20 anos, de acordo com reportagens da imprensa.

    "Ele deu tudo que tinha: nunca desistiu, nunca reclamou, manteve o senso de humor ferino até o fim", escreveu Luke. "Suas últimas palavras foram: 'Eu te amo'. Eu estava junto, ele não estava sozinho nem sentiu dor."

    De origem escocesa, Williamson despontou para o estrelato em 1964 ao aparecer na peça "Inadmissable Evidence", de Osborne, em Londres. Quando ela foi montada na Broadway, em 1966, ele foi indicado para o Tony Award.

    Ele estrelou outras produções teatrais incluindo "Hamlet", no Round House Theatre de Londres, e "Tio Vânia", de Chekhov, pelo qual foi indicado para um Tony Award pela segunda vez.

    Seus papeis mais conhecidos no cinema foram Merlin, em "Excalibur", e o padre Morning em "O Exorcista III". Ele apareceu no cinema pela última vez no filme "Spawn, o Soldado do Inferno", de 1997.

    Estadão

    Nota da Fê: Vintage69 de luto. Smiley triste

    Brilhante ator. Para mim o melhor Merlin do cinema. Nicol também foi um bom Sherlock Holmes.

    24 de janeiro de 2012

    Voz do robô de 'Perdidos no espaço' silencia

    Image634630373521058214“Perigo, perigo, Will Robinson.” Quem cresceu nos anos 60 e 70 reconhece imediatamente essa frase, repetida pelo personagem “robô” em todos os episódios do seriado de ficção científica “Perdidos no espaço”, exibido nos EUA entre 1965 e 1968 e exaustivamente reprisado desde então. Dono da voz original, o ator americano Dick Tufeld morreu em um hospital de Los Angeles, aos 85 anos. Seu parceiro no robô, Bob May, responsável pelos movimentos do personagem, havia morrido há três anos, em janeiro de 2009.

    A notícia da morte de Tufeld foi dada por seu colega de elenco Bill Mummy (que interpretava exatamente o menino Will Robinson) em sua página no Facebook. Segundo o site de celebridades TMZ, o ator, que sobrevivera a um câncer, sofria do mal de Parkinson. Em sua página, Mummy disse que Tufeld morreu em paz e “se reuniu a sua esposa”, que morrera há alguns anos.

    Em 1998, Dick Tufeld reassumiu a voz do robô na versão cinematográfica do seriado, estrelada por William Hurt e Gary Oldman, um retumbante fracasso de público e crítica. Dos oito integrantes do elenco original, outros quatro fizeram pequenas participações no filme (Angela Cartwright, Mark Goddard, Marta Kristen e June Lockhart), mas apenas Tufeld repetiu o personagem que fizera na série.

    O Globo

    20 de janeiro de 2012

    Funcionários do Megaupload são acusados de pirataria e site sai do ar

    Image634626168894221859Em meio a tanta discussão sobre o SOPA, a liberdade de expressão e a pirataria na web, um dos maiores sites de compartilhamento e download de arquivos do mundo, o Megaupload, foi tirado do ar por promotores americanos nesta quinta-feira (19/01). E mais: o dono e todos os funcionários estão sendo acusados de pirataria.
    Segundo o jornal norte-americano The New York Times, a acusação alega que a empresa deve mais de US$500 milhões (cerca de R$880 milhões) em vendas perdidas para os detentores de direitos autorais de filmes e outros tipos de conteúdo.

    O Megaupload disse que está pronto para responder às acusações de pirataria de conteúdo. Segundo a própria acusação, o site é o 13º mais popular da internet.
    O site tem como CEO o produtor de hip hop Swizz Beats, que tem no currículo trabalhos para Beyoncé e Alicia Keys. Ele se defendeu das acusações dizendo que sempre acata pedidos de remoção de material ilegal.

    Update 1: No início da noite, hackers do grupo Anonymous anunciaram, por meio do Twitter, uma retaliação aos responsáveis pela queda. Eles atacaram e derrubaram os sites da Universal Music (que acusa o Megaupload de pirataria) e do Departamento de Justiça dos Estados Unidos
    Update 2: Sites da RIAA (Record Industry Association of America) e a MPAA (Motion Picture Association of America) também se foram.
    Update 3: Agora é o US Copyright Office, que caiu.
    Os Anonymous afirmam, via Twitter, que este já é o maior ataque deles, e parecem empolgados com a continuidade da ação. Já avisaram para o público pegar um pacote de pipoca e "varar" a noite com eles. Aguardemos.
    Update 4 (22h00): "The Internet Strikes Back" é Trending Topic mundial. "Megaupload" também, com 1800 tweets por segundo (de acordo com o grupo).
    Update 5 (22h22): Os Anonymous afirmam ter trazido o Megaupload de volta no ar, no endereço www.megavideo.bz. Parece que o site está sofrendo com excesso de conexões...
    Update 6 (22h26): Warner Music Group down.
    Update 7 (22h36): Release divulgado pelo FBI sobre o fechamento do Megaupload >> aqui
    Update 8 (22h43): FBI DOWN!

    Update 9 (23h13): Para saber mais: veja como o Brasil está se preparando para possíveis guerras cibernéticas http://migre.me/7B8Gd
    Update 10 (23h32): SOPA/PIPA: os protestos funcionaram? Vejam alguns números http://migre.me/7B9Ao
    Update 11 (23h41): Entenda como funciona o sistema para derrubar os grandes sites http://migre.me/7Ba5R

    Update 12 (23h44): Até ontem, o SOPA tinha 31 oponentes no Congresso americano; agora já são 122 declarados. (vejam a proporção aqui)
    Update 13 (00h13): Statement dos Anonymous http://migre.me/7BbCe


    Olhar Digital

    19 de janeiro de 2012

    Anonymous derruba site do FBI após fechamento do Megaupload

    Image634626135401976212Os outros alvos, derrubados mais cedo também em retaliação, foram os endereços da Universal Music, Departamento de Justiça, entre outros

    São Paulo - Após 3 horas de operação em retaliação ao fechamento do site Megaupload nesta quinta-feira, o grupo de hackers Anonymous derrubou o site do FBI, nos Estados Unidos.

    O endereço está fora do ar desde as 22h50, e a conquista foi comemorada no perfil do grupo no Twitter: "FBI Tango Down!", anunciou um dos posts.

    Era o objetivo principal da verdadeira guerra cibernética que os hacktivistas começaram no início da noite, um contra-ataque diante da retirada do site de compartilhamento de arquivos do ar pelo governo americano. 

    #OpMegaupload ou #OpPayback

    Os outros alvos, derrubados mais cedo também em retaliação, foram os endereços da Universal Music, Departamento de Justiça, Associação das Gravadoras (RIAA) e Associação Cinematográfica (MPAA) dos Estados Unidos. 

    Segundo os perfis que noticiam e comemoram a ação, que está sendo chamada de #OpMegaupload ou #OpPayback, este é "o maior ataque já feito alguma vez pelo Anonymous", com 5.635 participantes. Os hacktivistas estariam usando “Loic”, um programa de código aberto utilizado para ataques de negação de serviço DDoS. Por enquanto não há informações sobre novos alvos.

    Exame

    Desenvolvedores criam games contra projeto de lei antipirataria

    Image634625976180113726Os protestos desta quarta-feira (18) contra os projetos de lei antipirataria conhecidos pelas siglas SOPA e PIPA, que incluiram o "blecaute" de endereços importantes como a enciclopédia digital Wikipédia e fizeram Google e outros publicarem manifestos, também chegaram ao mundo dos games.

    Desenvolvedores independentes anunciaram uma competição para decidir qual o melhor jogo de protesto contra as propostas que tramitam no Congresso dos Estados Unidos.

    Entenda os projetos de lei
    O Stop Online Piracy Act (SOPA) é um projeto de lei com regras mais rígidas contra a pirataria digital nos EUA. Ele prevê o bloqueio no país, por meio de sites de busca, por exemplo, a determinado site acusado de infringir direitos autorais. O foco está principalmente em sites estrangeiros, contra os quais as empresas americanas pouco podem agir. No Senado, circula o Protect IP Act, conhecido como PIPA (ato para proteção da propriedade intelectual), outro projeto sobre direitos autorais que mira a internet.

    Ambos são apoiados por empresas de entretenimento, constantes alvos de pirataria, mas são questionados por companhias de internet, como Google, Facebook, Amazon e Twitter, que interpretam as medidas como um tipo de censura aos sites e à liberdade de expressão. O SOPA ainda está sendo avaliado por comissão na Câmara; o PIPA deve ir à votação no Senado ainda neste mês.

    Como é a competição de games
    A competição de games independentes Ludum Dare criou uma categoria que pede que os participantes enviem apenas nesta quarta-feira (18) jogos inspirados nos protestos contra SOPA e PIPA. Não há prêmio definido pela organização. Os jogos serão apenas divulgados no site do evento.

    Jogo de tiro em 3D tem como objetivo eliminar executivos de companhias que apoiam a Sopa (Foto: Divulgação)

    Alguns já foram submetidos para a competição como "Super Sopa Bros." (clique aqui), uma sátira ao game "Super Mario Bros.", lançado em 1985 para o console NES, da Nintendo. Nele, todos os elementos do game como o personagem principal, itens e inimigos foram substituídos por blocos com os dizeres "censored", ou censurado, em tradução.

    Outro, chamado "Seemingly Endless Battle" (clique aqui para acessar) coloca o gamer contra inimigos tridimensionais que representam grandes empresas de mídia que dão suporte aos projetos de lei.

    G1

    Petição on-line do Google contra leis antipirataria é assinada por 4,5 mi

    Image634625971445762937Pelo menos 4,5 milhões internautas assinaram petição on-line do Google contra os projetos de lei antipirataria SOPA e PIPA. A informação foi dada por uma porta-voz da empresa ao site Cnet e se referem às 19h30 da quarta-feira (18), horário de Brasília.

    Para participar da petição “End Piracy, Not Liberty” (“Acabe com a pirataria, não com a liberdade”, em tradução) é preciso fornecer e-mail e código postal.

    Entenda os projetos de lei
    O Stop Online Piracy Act (SOPA) é um projeto de lei com regras mais rígidas contra a pirataria digital nos EUA. Ele prevê o bloqueio no país, por meio de sites de busca, por exemplo, a determinado site acusado de infringir direitos autorais. O foco está principalmente em sites estrangeiros, contra os quais as empresas americanas pouco podem agir. No Senado, circula o Protect IP Act, conhecido como PIPA (ato para proteção da Ipropriedade intelectual), outro projeto sobre direitos autorais que mira a internet.

    Ambos são apoiados por empresas de entretenimento, constantes alvos de pirataria, mas são questionados por companhias de internet, como Google, Facebook, Amazon e Twitter, que interpretam as medidas como um tipo de censura aos sites e à liberdade de expressão. O SOPA ainda está sendo avaliado por comissão na Câmara; o PIPA deve ir à votação no Senado ainda neste mês.

    G1

    Megaupload desativado depois de operação do FBI

    Image634625964034339028

    O Megaupload.com, um dos dos maiores sites de compartilhamento de arquivos do mundo, saiu do ar hoje depois que o FBI indiciou seus funcionários por pirataria. As informações são da agência de notícias Associated Press, que diz que a agência de investigação americana prendeu o fundador e vários funcionários do site nessa quinta-feira no estado de Virgínia, nos EUA.

    A agência ainda diz que o indiciamento dos funcionários aconteceu depois que detentores de direitos autorais acusaram a empresa de mais de 500 milhões de dólares em danos devido a piraria de filmes. Os detentores dos direitos autorais não foram especificados, mas por citarem filmes, acho que você já pode-se ter uma ideia de quem se trata.

    Essa não é a primeira vez que o Megaupload tem problemas com os detentores de direitos autorais. No mês passado o site chegou a ameaçar o estúdio Universal Music Group com um processo depois que uma propaganda do site foi tirada do ar.

    O WallStreetJournal afirma que nos EUA sete funcionários foram presos e ainda afirma que outros quatro também acabaram atrás das grades na Nova Zelândia e um foi indiciado na Austrália. O documento também chama o site de “uma organização criminosa que tem membros atuando em infração de direitos autorais e lavagem de dinheiro em uma escala massiva”.

    Apesar do desligamento do site ocorrer um dia depois do protesto contra a proposta de lei americana SOPA, não há indícios de que ela seja a causa da desativação.

    Quando questionados sobre o desligamento do site, o Megaupload disse à Associated Press que “o fato é que a grande maioria do tráfego do Megaupload é legítimo”, completando que “se a indústria de conteúdo quer tirar vantagem da nossa popularidade, estaremos felizes em dialogar”. Foi só comigo ou isso soou bastante arrogante?

    tecnoblog

    [YT] The Origin Of The Sorceress

    17 de janeiro de 2012

    Rupert Murdoch ataca Barack Obama por oposição a lei antipirataria

    Image634624224260405776A Casa Branca divulgou nota em que se opõe a legislações que pretendem reduzir a pirataria on-line, o que ocasionou uma resposta forte de Rupert Murdoch, dono de jornais e redes de televisão, e acirrando a batalha que acontece entre empresas de entretenimento e de tecnologia.

    O congresso do EUA está analisando duas leis --o Sopa (Lei para Parar com a Pirataria On-line, em inglês) e o Ato pela Proteção do Direito Autoral-- que tornariam companhias de internet responsáveis por links e hospedagens de sites que ofereçam downloads ilegais de filmes, programas de TV e música.

    Empresas de mídia argumentam que a pirataria lhes custa bilhões de dólares anualmente e diminui as vagas de emprego.

    Do outro lado, empresas de tecnologia, incluindo o Facebook e o Google, dizem que essas leis censuram a internet e coíbem a inovação.

    No fim de semana, a Casa Branca se posicionou ao lado das companhias de tecnologia.

    "Por mais que acreditemos que a pirataria on-line proveniente de sites estrangeiros seja um problema sério que requer uma resposta legislativa séria, não vamos apoiar qualquer legislação que reduza a liberdade de expressão, aumente os riscos em cibersegurança ou enfraqueça a inovadora e dinâmica internet global", disse a Casa Branca em um post no blog oficial.

    O texto fez com que Rupert Murdoch, executivo-chefe da News Corp., fizesse sua primeira declaração pública em relação ao assunto.

    "Obama se aliou aos chefões do Vale do Silício que ameaçam os desenvolvedores de software com pirataria, puro roubo", disse Murdoch em sua conta no Twitter. "O líder em pirataria é o Google, que transmite vídeos gratuitamente e vende [publicidade] a partir deles. Não é de se espantar que gaste milhões em lobby."

    Na verdade, a indústria do entretenimento gasta mais com lobby que as empresas do Vale do Silício, diz Alan Webber, analista do Altimeter Group.

    Companhias de internet, incluindo start-ups e "hacktivistas", levaram seus protestos diretamente aos consumidores por meio de campanhas on-line.

    Centenas de sites estão fazendo um chamado para que pequenas e grandes empresas de internet participem de um blecaute on-line. Assim, quando usuários tentarem acessar alguns sites populares, serão recebidos por uma tela preta e uma mensagem de "Parem com o Sopa", encorajando-os a escrever para congressistas pedindo que a lei seja vetada.

    Mais de 19 mil pessoas trocaram seu avatar no Twitter para a imagem do movimento "Parem com o Sopa".

    Folha

    X Prize premiará quem construir scanner de saúde igual ao de Star Trek

    Image634624164776167609A Fundação X Prize, que usa o slogan “evolução através de competição”, lançou durante a última edição da CES seu mais novo desafio, que desta vez premiará com US$ 10 milhões a primeira empresa privada a construir um scanner portátil bem específico. Ele deve ser capaz de detectar 15 doenças e medir o estado geral da saúde do paciente, algo nos moldes do aparelho Tricorder, usado pelos personagens da série Star Trek.

    De acordo com as regras da Fundação, o dispositivo deve ser wireless, portátil (pesando no máximo 2,2 kg) e usar seus sensores para coletar, analisar e armazenar dados da saúde do paciente. Na série de ficção científica os Tricorders eram aparelhos usados pela tripulação da SS Enterprise para diversas funções, incluindo obter dados à distância sobre um planeta desconhecido e, claro, para verificar o estado de saúde do Capitão Kirk, Dr. Spock, Tenente Uhura, e seus amigos.

    Segundo Peter Diamandis, presidente da Fundação X Prize, a invenção será capaz de “revolucionar a saúde pública”, caso a vencedora chegue a ser produzida comercialmente. O tema para a competição estava definido desde a metade de 2011, mas o lançamento oficial da competição, assim como seus principais detalhes técnicos, só se tornaram públicos agora.

    Tendo como mote “lançar competições que estimulam o desenvolvimento tecnológico de toda humanidade”, o prêmio X Prize se tornou célebre em meados da década de 90, após oferecer uma recompensa de US$ 10 milhões à primeira empresa privada a se arriscar num voo espacial – desafio que foi superado apenas em 2004. Desde então a iniciativa já premiou empresas que construíram um carro capaz de percorrer 100km com apenas três litros de gasolina e soluções capazes de oferecer uma maneira de limpar vazamentos de óleo no mar de maneira rápida.

    Com informações: The Register, BBC.

    Google, Wikipédia e outros protestam contra SOPA amanhã

    Image634624160727160508A conhecida proposta de lei americana SOPA tem potencial para criar uma espécie de censura prévia na web dos EUA e que pode acabar se tornando base para outras legislações em demais países. Por isso já faz algum tempo que ela vem sendo extensivamente debatida nos EUA, sempre associada a um sentimento de repúdio por quem sabe quais serão as consequências. E para tentar mostrar o tamanho do problema, sites escolheram essa quarta-feira para protestar.

    No começo da semana Jimmy Wales, o fundador da Wikipedia, declarou que a versão em inglês da maior enciclopédia online do mundo vai ficar inacessível amanhã em protesto contra a SOPA. Antes disso o popular site de notícias Reddit e o famoso blog americano BoingBoing também haviam anunciado que no dia 18 eles vão parar todas as atividades e exibir um aviso sobre a SOPA na sua página inicial, para sensibilizar seus usuários sobre a lei e alertar que ela é perigosa.

    Além deles o Google anunciou hoje, um pouco atrasado, que também vai se unir aos protestos. Mas como a empresa não pode se dar ao luxo de desligar seu principal serviço que gera bilhões de dólares todos os anos, o que eles planejam é um pouco diferente do que a Wikipédia e o Reddit. Segundo a CNET, uma mensagem com um link na página inicial do buscador vai alertar sobre a SOPA.

    Segundo a comScore, a versão em inglês da Wikipedia tem 25 milhões de visitantes diários. Já a página inicial do Google, ninguém sabe por que a empresa nunca divulgou. Mas como ele é o buscador mais usado do mundo, você já imagina que não é pouco.

    Apesar dos protestos planejados continuarem, a lei SOPA foi arquivada no começo da semana e pode nunca passar, embora ainda exista uma chance disso acontecer. No entanto, sua irmã menor e igualmente terrível, a PIPA, ainda está em discussão no congresso americano e por isso tem maiores chances de se tornar lei.

    Tecnoblog

    Wikipédia em inglês ficará fora do ar contra lei norte-americana

    Image634623675155784577A versão em inglês da Wikipédia, enciclopédia colaborativa on-line, ficará fora do ar na próxima quarta-feira (18), a partir das 3h (horário de Brasília, meia-noite no horário de Washington, nos Estados Unidos), durante 24 horas, em protesto contra lei antipirataria que está em discussão no Senado norte-americano.

    O site se junta a uma série de outros endereços que também já prometeram sair do ar no mesmo dia.

    “Estou começando a dar entrevistas sobre o blackout que faremos na Wikipédia para protestar contra o #Sopa e o #Pipa”, tuitou Jimmy Wales, um dos fundadores da enciclopédia.

    Wales completou que a medida pode afetar até 25 milhões de pessoas em todo o mundo, já que esse é o número de visitantes que o site recebe todos os dias, de acordo com dados da consultoria comScore.

    A Wikipédia se junta aos sites de humor rede Cheezburger e ao Reddit, que já prometeram sair do ar na quarta-feira. De acordo com a Fox News, Google, Facebook e Amazon também poderão interromper seus serviços de maneira coordenada para participar do protesto, mas ainda não há confirmação oficial.

    Chamada de SOPA, da sigla para Stop Online Piracy Act (pare com a pirataria on-line, em, tradução), a lei tem reforço de representantes da indústria de cinema e de música do país que querem evitar a perda de vendas de seus produtos distribuídos gratuitamente na web. O projeto responsabiliza os sites pelo conteúdo publicado ou distribuído ilegalmente pelos usuários, sugerindo que as empresas encontrem meios para impedir a pirataria. As penas incluem fechamento do site e até cinco anos de prisão.

    Disney, Universal, Paramount e Warner Bros., grandes estúdios de Hollywood, apóiam a lei, enquanto Google, Amazon, Facebook, eBay, Twitter, PayPal, Zynga, Mozilla, entre outras, são contra.

    G1

    16 de janeiro de 2012

    [YT] GUNS N´ ROSES Sympathy For The Devil (subtitulada)



    Nota da Fê: Clip com cenas do filme 'Entrevista com Vampiro'. Muito tri!

    15 de janeiro de 2012

    9 Livros que mudaram o mundo

    319146_2059392600528_1116047322_31782434_351010103_n_largeDesde o nascimento da civilização, os seres humanos têm registrado seus pensamentos em paredes, pedras, papiros, e nos famosos livros. E volta e meia, alguns livros causam abalos nas leis sociais reinantes, modificando o pensamento de muitos. Hoje, ainda há a possibilidade de não precisar comprar o livro, já que muitos clássicos estão disponíveis gratuitamente na internet!

    Essa não é uma lista no estilo 1001 livros, que vai abarcar todas as fases do mundo da literatura e do pensamento. É só uma lembrança de alguns títulos, e espero que nos comentários cada um lembre também daqueles que mudaram a sua vida!

    Sapatos motorizados causam sensação na feira de Las Vegas

    sapato-motorizado-tlCansado de caminhar? Um par de sapatos motorizados, desenhados por um inventor americano, estão causando sensação na Feira Internacional de Eletrônica de Consumo (CES) de Las Vegas.

    O sapato, mistura de bota de esqui e patins com grandes rodas, é chamado "spnKiX", sendo equipado com bateria de alta tecnologia. Para o uso, basta ajustá-los ao sapato comum, com correias. Assim, a pessoa pode se deslocar suavemente, numa velocidade de até 16 quilômetros por hora.

    Os sapatos são uma criação futurista de Peter Treadway, desenhista industrial de Los Angeles.

    "Vinha tentando desenvolver algum tipo de transporte portátil desde a década de 90, mas só nos últimos oito anos me dei conta de quão necessários podem ser", disse Treadway à AFP.

    - Foram inúmeras as vezes que quis almoçar fora e não encontrei lugar para estacionar", contou. Aí pensei: por que não fazer algo prático, que possa levar uma pessoa de sua casa a um lugar mais próximo?

    - Surgiu, então, este produto bastante divertido.

    Treadway explicou que cada sapato possui uma bateria e um motor sincronizados, que funcionam juntos, como "uma espécie de espelho um do outro".

    A bateria recarregável permite ao usuário deslocar-se de três a cinco quilômetros com uma só carga precisando, depois, de mais duas a três horas para voltar a recarregar.

    Um controle remoto sem fio, menor que uma carta de baralho, controla a velocidade dos sapatos.

    "É tudo muito simples", assegurou Treadway.

    Mas nem todos acreditam, em princípio, que estes sapatos sejam fáceis de usar, por isso são incluídas rodas especiais de treinamento para eliminar tombos no processo de aprendizagem.

    "Conseguir dominá-los pode levar de alguns minutos a poucas horas", disse Treadway, dependendo da pessoa.

    Parte do dinheiro para a elaboração dos 'spnKiX' foi arrecadado no Kickstarter, um site da web que coleta doações para projetos criativos.

    - Não sabíamos no que estávamos nos metendo", disse Treadway. "Mas, no final, a quantidade que pedimos foi triplicada. Calculamos um financiamento de 25.000 dólares e recebemos mais de 80.000 dólares.

    "As pessoas estão entusiasmadas", disse.

    Segundo Treadway, os sapatos fabricados por sua empresa Acton Inc., com sede em Los Angeles, começará a ser comercializado em março, sendo vendido a 649 dólares o par.

    Treadway possui licenciatura em desenho industrial conseguida na Escola de Desenho de Rhode Island.

    R7

    14 de janeiro de 2012

    [YT] The Scooby-Doo Show: The Headless Horseman of Halloween (1/2)

    Marco Polo ganha série de TV pela emissora de Spartacus

    8b19ebde1da8b54838a7ced39c3ca457O explorador italiano Marco Polo  vai ganhar uma série de TV com seu nome no canal pago Starz, emissora que também produz Spartacus.

    O programa será baseada nos primeiros anos de aventureiro de Polo, agindo como espião, embaixador e explorador da corte do imperador Kublai Khan - o quinto Khan do Império Mongol. A série vai abordar temas como traição política, relações proibidas e artes marciais.

    Marco Polo terá roteiro de John Fusco (Mar de Fogo, O Reino Proibido), será produzida por Harvey e Bob Weinstein, da Weinstein Company e terá Ben Silverman e Fusco como produtores-executivos. A série deve começar a ser produzida em 2013.

     

    Omelete

    O Hobbit - Richard Armitage fala sobre Thorin Escudo-de-Carvalho

    thorinO ator falou sobre como é fazer parte de um grupo de anões e os tipos que o formam: "Eu absolutamente amo ser o membro de um grupo, e nós somos realmente um grupo. Há uma grande camaradagem entre todos. Há uma diversidade tão grande de cultura e experiência. Estamos trabalhando com muitos neozelandeses, e há uma grande mistura de atores britânicos que vem do teatro, da televisão e do cinema. É exatamente como os anões são. Quando Thorin monta o grupo para a jornada, ele pega anões de diferentes lugares. Isso é espelhado em quem somos como atores".

    Armitage falou também sobre seu apego ao personagem e lançou um grande Spoiler, caso você não tenha lido o livro - se não quiser saber, pare por aqui: "Eu não acho que poderei deixar o personagem para trás. Acho que esse é um daqueles personagens que fica com você para sempre porque você passa tanto tempo com ele e é uma transformação tão grande. Eu sou o personagem todos os dias e me familiarizei tanto com ele. Eu sei como ele pensa. Me sinto bem próximo do personagem e continuarei além deste trabalho, [spoiler] apesar de ele morrer no final do filme. Acho que ele é um personagem fascinante. Eu provavelmente acordarei em seis anos e pensarei nele novamente. É muito empolgante".

    Omelete

    Trailer Japonês de John Carter

    12 de janeiro de 2012

    Tron: Uprising - Conheça a trama da série animada

    Durante o evento organizado pela Associação de Críticos de Televisão dos EUA, o presidente e chefe criativo do Disney Channel, Gary Marsh, anunciou mais alguns detalhes sobre a esperada série animada Tron: Uprising aos nossos parceiros do Collider.

    Como já havia sido divulgado, a trama vai se passar entre os acontecimentos do primeiro Tron (1982) e de Tron: O Legado, mas nada se sabia sobre a história em si. Segundo Marsh, a premissa envolve um personagem inédito. "Tron foi gravemente ferido pelo malvado Clu, mas ele encontrou um protegido, um jovem e brilhante mecânico que é um programa como ele. Seu nome é Beck, Elijah Wood vai dublá-lo, e Tron vai treiná-lo para que ele seja o próximo Tron", conta.

    A série estreia em junho, no canal Disney XD dos EUA, mas Marsh diz que a divulgação se intensifica meses antes. "Vamos começar a exibir em abril dez micro-episódios de três minutos cada", disse, sem dar detalhes. Sobre o visual, que mistura animação convencional e computação gráfica: "Vamos oferecer um visual completamente diferente, que vai mudar o modo como se faz animação para a televisão".

    No elenco de dubladores estão Elijah Wood, Emmanuelle Chriqui, Mandy Moore, Paul Reubens, Nate Corddr e Lance Henriksen, além de Bruce Boxleitner, o próprio Tron. Tron: Uprising tem direção de Charlie Bean, Joseph Kosinski e Sean Bailey, e roteiros de Edward Kitsis e Adam Horowitz, os mesmos que assinaram Tron: O Legado.

    Omelete

    Nota da Fê: Na expectativa! Smiley piscando Polegar para cima

    10 de janeiro de 2012

    Kiss: diretor resgata ideia de filme de "The Elder"

    Image634618182981397531

    O diretor Seb Hunter pretende resgatar a história escrita para um filme baseado no álbum "Music From The Elder", do Kiss. A ideia original do longa-metragem, concebida por Gene Simmons, foi deixada de lado após o disco ser um verdadeiro fracasso de vendas. Trinta anos após o lançamento, Hunter quer lançar o filme e pede doações no site oficial do projeto.

    Kiss: diretor resgata ideia de filme de "The Elder"

    Nota da Fê: The Elder é um álbum subestimado do Kiss. Merece uma ‘segunda’ chance.

    Amanda Seyfried entra para o elenco do musical Os Miseráveis

    Image634618178138000504De acordo com o site Deadline, Amanda Seyfried (“A Garota da Capa Vermelha“) é a nova adição do musical “Os Miseráveis“, novo filme de Tom Hooper (“O Discurso do Rei”). O site afirma que a atriz já teria assinado com a produção para viver Cosette, par romântico do ator Eddie Redmayne (do ainda inédito “My Week with Marilyn“). Atenção, o texto a seguir pode conter spoilers.

    Cosette é filha de Fantine, personagem que será interpretada por Anne Hathaway (“Um Dia“). Na trama, ela terá uma importância fundamental já que ainda pequena perde sua mãe e será criada por Jean Valjean, personagem de Hugh Jackman (“Gigantes de Aço“), um ex-detento que procura se redimir de todos os seus erros.

    No final de dezembro, membros da equipe revelaram um detalhe curioso do processo de filmagem. Diferente da maioria dos longas do gênero, os atores de “Os Miseráveis” cantarão ao vivo em suas sequências musicais, ou seja, Tom Hooper aboliu a gravação prévia das canções em estúdio e não filmará suas cenas em playback (leia a notícia completa aqui).

    “Os Miseráveis” foi roteirizado por William Nicholson (“Gladiador“) e se baseia no clássico de Victor Hugo. O longa será o segundo musical da carreira de Amanda Seyfried. A atriz já protagonizou ao lado de Meryl Streep (“Dúvida“), “Mamma Mia!”, filme de 2008. O elenco do filme ainda terá Russell Crowe (“Robin Hood”) e Helena Bonham Carter (“O Discurso do Rei”).

    As filmagens da produção já estão acontecendo e o filme deve estrear nos EUA em 7 de dezembro de 2012.

    Cinema com Rapadura

    iPhone completa cinco anos

    Image634618172470696353

    Nem faz tanto tempo assim que ele foi lançado, mas nós já estamos tão acostumados a vê-lo por aí que mal conseguimos nos lembrar de como era o mundo sem ele. Estamos falando, é claro, do iPhone. O mais popular modelo de smartphone idealizado e lançado por Steve Jobs está completando nesse mês cinco anos de existência.

    Em 2007, a Apple apresentava o iPhone para o mundo. Logo que foi colocado à venda, os compradores já faziam fila nas lojas dos Estados Unidos para ter um exemplar do celular com barras sensíveis ao toque, funções de iPod, conexão wi-fi, suporte para vídeo-chamada e uma infinidade de aplicativos desenvolvidos de modo a deixar a vida dos conectados mais fácil.

    Sua evolução através dos anos não teve nenhuma mudança drástica, porém, com pequenos ajustes e evoluções, o iPhone foi se consolidando cada vez mais pelo mundo e mudando o conceito de celular.

    9 de janeiro de 2012

    Apple pode ter incluído ‘passagem secreta’ para espionagem no iPhone

    Image634617143362632504Vazou na internet um suposto documento da DGMI (Directorate General of Military Intelligence), agência de inteligência do governo indiano, que traz uma alegação impressionante: a Apple teria incluído uma passagem secreta no iOS para que governos e agências de espionagem possam acessar o conteúdo do celular de qualquer pessoa. O documento também afirma que a Nokia e a RIM teriam topado fazer o mesmo, o que os espiões indianos acham ótimo porque permite a “execução eficiente (…) de interceptação de dados”. E se os indianos têm acesso a isso… todos os governos têm.

    O relatório parece verossímil, mas é impossível verificar sua autenticidade: trata-se de um documento confidencial, que teria sido roubado por hackers. Até o momento, nenhuma das empresas ou entidades envolvidas se manifestou – e caso elas se manifestem, será para negar, claro. Como a Microsoft sempre negou as acusações de que tenha incluído portas secretas no Windows a pedido do governo dos EUA. Talvez essas teorias sejam mera paranoia, mitos urbanos, hoaxes. Talvez não. Você lembra de quando se descobriu que o iPhone gravava secretamente a localização do usuário?

    Nota da Fê: Hmmmm..... Será? Maybe. The Shadows knows!

    8 de janeiro de 2012

    [YT] "A Família Addams" (1964) - 1º episódio da série, PARTE 1

    7 de janeiro de 2012

    [YT] Rick Wakeman-1984 overture

    Nota da Fê: Tinha esquecido por completo que as letras do 1984 eram do Tim Rice! Santo esquecimento imperdoável, Batman! O 'modelito' do titio Rick nesse clip é algo...rs 1984 é um grande álbum! :)

    5 de janeiro de 2012

    [YT] Derezzed on five floppy drives

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...