30 de março de 2012

[YT] Asia - Don't Cry [HQ]

 

Nota da Fê:

Adoro o Asia, Don´t Cry é uma bela canção, but… quem foi o demente que achou que a letra da música tinha algo a ver com civilizações ‘perdidas’?  Smiley decepcionado

Foi só para ver nossos heroicos músicos passarem por situações vexatórias, não foi?

Carl Palmer sempre foi, e sempre será, o meu batera preferido, mas esse lance de Indiana Jones dos pobres foi só para mostrar que como ator, ele é mesmo um ótimo baterista! Laughing

Na boa, esses clips dos 80s eram divertidos, mas muito ridículos!

No Rio, Roger Waters fala de Palestina, Jean Charles...e música

Image634686846994389865Músico diz que Israel faz terrorismo de Estado nos territórios palestinos

RIO - A boa notícia é: a menos em um caso extremo, que afete a segurança do público ou da sua equipe, Roger Waters e sua banda farão nesta quinta-feira à noite, no Engenhão, a aguardada apresentação carioca do espetáculo The Wall.

- A chuva não é perigosa, é apenas molhada – brincou.

Mas não foi para isso que o ex-integrante do Pink Floyd reuniu a imprensa, na tarde chuvosa de quarta, na boate Londra, do Hotel Fasano. Foi para avisar da realização, em novembro, em Porto Alegre, do Fórum Mundial Social Palestina Livre. O que ele fez, numa entrevista coletiva improvisada, num canto em que havia uma bandeira britânica ao fundo (coberta com uma cortina por seus assessores pouco antes da entrevista).

- Há uma semana, um amigo do Palestinian BDS (organização internacional que contesta o papel de Israel no conflito na Palestina) chegou e perguntou se eu poderia fazer esse anúncio e eu disse que podia. É simples assim – contou Roger, explicando seu envolvimento com a causa.

- Em 2006, íamos tocar num estádio de futebol em Tel-Aviv e comecei a receber e-mails de pessoas da sociedade civil palestina me falando sobre o BDS. Decidi que deveria abrir minha mente para essa questão. Viajei bastante pela Cisjordânia e os territórios ocupados e, uma vez que você toma conhecimento do muro que eles construíram lá, e você ouve os dois lados da conversa, rapidamente fica bem claro que há apenas um lado dessa discussão com razão.

Waters defende a retirada de Israel dos territórios palestinos, para trás da Linha Verde.

- O que está acontecendo na Palestina agora é um ótimo exemplo do Estado exercendo o poder de terrorismo sobre uma população.

Ele mesmo, no entanto, não deverá comparecer ao evento em Porto Alegre.

- Não sou muito bom em fóruns, não gosto de estar em grandes grupos de pessoas, não gosto de comitês, não costumo render nessas situações. Eu nunca poderia ser um político!

Para o músico, a guerra entre israelenses e palestinos “tem mesmo a ver é com a Casa Branca”. Apesar de não se dizer “um desses teóricos da conspiração”, ele disse crer que existem muros entre o povo e a verdade.

- Acredito que existe uma guerra entre nós, o público em geral, e o que acontece nos corredores do poder. É por isso que Bradley Manning (soldado americano preso e processado sob a acusação de vazar documentos confidenciais para o WikiLeaks) é tão importante para nós. Sem esses tocadores de apito do lado de dentro, nunca ficaríamos sabendo dessas coisas.

Em The Wall, um dos trechos mais comentados é aquele em que Roger Waters lembra Jean Charles, brasileiro morto pela polícia de Londres em 2005, ao ser confundido com um terrorista islâmico. Para ele, mais uma “manifestação do terrorismo de Estado”.

- Ninguém jamais assumiu qualquer responsabilidade pelo fato de que esse jovem inocente foi jogado no chão do metrô e atingido na parte de trás da cabeça oito vezes – alertou Roger, que disse gostar muito da América do Sul, região que vem visitando há 10 anos.

- Vejo muitas mudanças acontecendo, especialmente no Brasil, com Lula e agora com... quem é aquela mulher que agora é presidente? – perguntou.

Entrando no departamento puramente musical, Roger foi categórico sobre uma provável reunião com seu grande parceiro de Pink Floyd, o guitarrista David Gilmour.

- Acho que ele está aposentado! E não acho que ele tenha qualquer interesse nisso. Eu não tenho.

O Globo

Nota da Fê:

Esse é o cara!!! Applause

Apesar de não lembrar o nome da Dilma! Smiley decepcionado

Não tem problema! A gente entende… é a idade! Rolling on the floor

Falando sério, que show! Eu disse que seria o show da minha vida. E foi!

A ‘experiência’ The Wall é inenarrável!

[YT] Opening Night: Jesus Christ Superstar

 

Nota da Fê:

Jesus Christ Superstar retorna à Broadway. Smiley de boca aberta

Renato Rocha, ex-baixista do Legião Urbana, está morando na rua

O músico Renato Rocha, ex-baixista do Legião Urbana, está morando nas ruas do Rio de Janeiro. Em reportagem exibida pelo programa Domingo Espetacular, da Record, no último domingo, 26, Rocha contou que perdeu tudo o que tinha devido às drogas. Ele participou dos três primeiros álbuns do Legião Urbana e é coautor de canções como "A Dança", "Ainda É Cedo" e "Mais do Mesmo", entre outras.

Rocha foi expulso da banda após o disco Que País É Este (1987) por causa de seus problemas com as drogas, segundo o guitarrista Dado Villa-Lobos. Hoje, os únicos pertences que ele leva consigo pelas ruas são guardados em uma sacola plástica. Outros mais valiosos, como um baixo recém-adquirido e feito por um luthier, ele deixa em um hotel de um amigo.

Na entrevista para o Domingo Espetacular, ele conta que sempre teve um bom relacionamento com Renato Russo, alguém que ele admirava muito e que também era dependente químico.

Rolling Stone Brasil

 

Nota da Fê: 

Drogas…sempre as drogas! Triste, muito triste. Tem gente querendo culpar os ex-integrantes do Legião, o ECAD, a família. Não é por aí. Quando o assunto é drogas, tudo se complica. Não sei se é o caso, mas geralmente rejeitam qualquer tipo de ajuda. Chega a ser nonsense o pessoal pedindo autógrafo para o cara. Que país é esse, de fato.

Ficamos na torcida! Força, Renato!

2ª temporada dos Novos Thundercats fica de fora das estreias do Cartoon Network!

O JNN já comentou aqui que, mesmo com um começo interessante que conseguiu agradar o público adulto, os novos Thundercats caíram numa série de episódios infantis até demais, o que afastou muita gente mais velha da audiência.

Não foram divulgados números de audiência, mas aparentemente, isso pode ter afetado o futuro da série. A suspeita vem por causa da agenda das novas atrações e novas temporadas de atrações já existentes no Cartoon Network — e a segunda temporada de Thundercats não está inclusa na lista.

Confira abaixo a lista de novos programas:

    Nick Cannon Sketch Comedy Series

    Annoying Orange (sim, baseado no canal do YouTube)

    DreamWorks Dragons: The Series (baseado em Como Treinar Seu Dragão)

    Novo projeto LEGO

    Ben 10: Omniverso

    Beware the Batman (aquela com Katana como parceira do Batman, e Alfred usando armas)

    Total Drama: Revenge of the Island

E os programas que ganharam novas temporadas:

    Hora da Aventura

    Apenas um Show

    MAD (veja um episódio mais abaixo)

    O Incrível Mundo de Gumball

    O Show dos Looney Tunes

    Ninjago

    Level Up

    Star Wars: A Guerra dos Clones

    Young Justice (Justiça Jovem)

    Johnny Test

    Pokémon

    Green Lantern: The Animated Series

    Almost Naked Animals

    A Escola de Susto do Gasparzinho

    Herói 108

    Scaredy Squirrel

    Sidekick

Isso, claro, não quer dizer que a série será cancelada, nem que a audiência foi de fato ruim (o que comentamos acima foi apenas suposição). É possível que apenas a produção da animação vá demorar mais do que o esperado (como aconteceu várias vezes com Young Justice).

Jovem Nerd

Nota da Fê:

E o ‘efeito’ He-Man 2002 se repete…Smiley triste

Será que o Cartoon não vai aprender nunca como reiniciar uma franquia?

25 de março de 2012

[YT] Fãs de Battlestar Galactica Criam Simulador de um Viper!

 

Nota da Fê:

Acompanhe o progresso do simulador na página oficial do projeto.

Instituto 'recria' cobra que compete com T-Rex como maior predador

Image634682480368565653

Um aterrorizante predador das florestas tropicais que viveu há mais de 60 milhões de anos na Terra, com 14 metros de comprimento e que pesava mais de uma tonelada, foi recriado por especialistas do Instituto Smithsonian, dos Estados Unidos.

Conhecida no Brasil como anaconda, a cobra Titanoboa cerrejonensis disputa com os dinossauros carnívoros, como T-Rex, o título de maior predador da história. Uma réplica em tamanho natural foi apresentada recentemente em Nova York, nos Estados Unidos.

O Instituto de pesquisa de florestas tropicais do Smithsonian também produziu um filme que conta a história desta criatura – que já havia sido personagem central de outra produção, desta vez feita por Hollywood e estrelada por Jennifer Lopez, de 1997. A produção científica será lançada no próximo dia 1º de abril.

A espécie foi recriada na ficção graças ao trabalho de paleontólogos, que encontraram na Colômbia fósseis do "titã das florestas". As vértebras estavam em uma área que foi de vegetação há milhões de anos e que agora abriga uma mina a céu aberto.

G1

Objeto não identificado com 200 kg cai em floresta na Sibéria

Image634682477274588688Um objeto não identificado com 200 kg e em forma de "u" caiu em uma floresta na Sibéria, Rússia, no domingo (18), segundo o jornal "Telegraph". A procedência, ainda não identificada, será investigada por especialistas russos.

Segundo a Roscosmos, a agência espacial russa, o objeto não é uma peça de foguete ou de míssil. "O objeto encontrado não está relacionado a tecnologia espacial. Uma conclusão final poderá ser feita após um estudo detalhado realizado por especialistas", afirmou a agência.

Parte do fragmento é feita de titânio resistente, de acordo com o Departamento de Defesa Civil e Situações de Emergências da cidade siberiana. O objeto é aberto, o que permite ver seu interior, que está vazio. Níveis de radiação foram medidos e indicaram que ele não oferece riscos.

O objeto foi retirado da mata por moradores de Otradnesnky com a ajuda de um trailer. Na cidade, ele foi mantido em segurança por forças policiais locais, sob ordens de autoridades mantidas em sigilo, de acordo com o "Telegraph".

G1

[YT] Roger Waters - Trailer Brasil 2012

 

Nota da Fê:

Contando as horas! Esse será, provavelmente, o show da minha vida! Smiley de boca aberta
Há dias que ando numa ansiedade louca!

24 de março de 2012

DVD: Tarzan é lançado nos EUA

imageA Warner Home Video lança nesta semana em DVD no mercado americano, a 1ª temporada da série Tarzan (1966/68).

Estrelada por Ron Ely e Manuel Padilla Jr., a série chega no dia 13 de março em dois volumes, trazendo os 31 episódios da 1ª temporada com imagens restauradas.

A distribuição será feita pelo sistema MOD (fabricado sob encomenda) e as gravações em discos DVD-R, prática que tem se tornado comum nos EUA com séries e desenhos clássicos da Warner, como O Homem do Fundo do Mar, A Garota da UNCLE, Frankenstein Jr e Os Impossíveis, Os Herculóides, entre outros.

O lançamento dos primeiros volumes de Tarzan, em um segundo momento, estarão disponíveis para que as filiais da Warner pelo Mundo possam ter interesse em promover lançamentos.

A Warner informou que cada volume de Tarzan vai custar 39,95 dólares na loja on-line do estúdio, a WBshop (Parte 1Parte 2). Serão aceitos apenas pedidos cujo endereço do comprador fique nos Estados Unidos.

A Série

Tarzan teve um total de 57 episódios produzidos e foi uma adaptação do produtor Sy Wentraub à obra de Edgar Rice Burroughs.

Tal qual os filmes do Homem-Macaco produzidos desde 1919, a série feita para a tevê manteve no seu elenco Tarzan, nascido Lorde Greystoke, mas que preferiu a vida na selva.

Quando criança, Tarzan era chamado de John Clayton III, ou Lorde Greystoke. Certa vez, perdeu-se de seus pais numa floresta, onde foi encontrado e criado pelos grandes macacos. O menino recebeu o nome de Tarzan, que significa “Pele Branca”. Mais tarde, voltou para a civilização, onde foi educado, mas acabou voltando para a selva que ele conhecia tão bem, onde lutaria pela lei do direito. A onça passou a conhecer alguém mais ágil que ela e o leão, a conhecer alguém mais corajoso.

O grito de Tarzan é conhecido por todas as criaturas da selva. Ao ouvi-lo, o antílope sabe que está a salvo, o leão pára,e o crocodilo busca a segurança da água e o elefante vem até o seu amigo.

Na série de tevê também estrelam Manuel Padilla, Jr., como Jai, o garoto auxiliar de Tarzan, que a exemplo do próprio Tarzan, era um órfão da selva; a macaca Chita (Vickie); Alan Caillou como Jason Flood, tutor de Jai; e Rockne Tarkington como Rao, um veterinário. A série foi produzida pela companhia Banner Productions e teve locações filmadas no Brasil e no México.

Retrotv

23 de março de 2012

O maior achado arqueológico das últimas décadas na China

Image634680848772661068Arqueólogos chineses desenterraram quase 3000 estátuas de Buda na província de Hebei, norte da China, na maior descoberta arqueológica do género registada no país nas últimas décadas, anunciou hoje a agência noticiosa oficial chinesa.

As 2895 estátuas e fragmentos foram encontradas em janeiro passado em Yecheng, um antiga localidade com 2500 anos de história, disse o chefe da equipa de arqueólogos, He Liqun.
Foi a maior descoberta do género desde a fundação da Republica Popular da China, em Outubro de 1949, indicou o especialista, que é membro da Academia Chinesa de Ciências Sociais.
As estátuas, a maioria das quais de mármore e pedra azul, foram encontradas num poço com um metro e meio de profundidade e três metros de largura.
Os arqueólogos admitem que as peças datarão do século VI, quando o budismo era muito popular em Yecheng, cidade que já tinha servido de capital durante o período conhecido como Três Reinos Combatentes (século III) e que pertence agora à vila de Linzhang.
Algumas estátuas estão pintadas de dourado e as dimensões variam, "desde 20 centímetros ao tamanho natural de uma pessoa", indicou um funcionário do património cultural de Linzhang, citado pela agência noticiosa oficial chinesa.
Segundo a mesma fonte, uma companhia local já se dispôs a investir 10 mil milhões de yuan (1,2 mil milhões de euros) para "criar um parque cultural budista" em Linzhang, com um área de 107 hectares, o que, "além de proteger as relíquias" agora descobertas, irá "desenvolver o turismo" na região.


Fonte: Jornal de Notícias | Texto integral

Estados Unidos disparam laser mais poderoso da história

Puro poder.

A National Ignition Facility dos Estados Unidos, no Laboratório Nacional Lawrence Livermore, na California, disparou o laser mais poderoso da história, um tiro recorde de 2-megajoules. O laser foi concebido para chegar a 1,875-megajoule, mas foi além de todas as expectativas — e estabeleceu um novo recorde mundial no processo.

192 feixes de laser combinados para formar um único disparo, inicialmente alcançando 1,875 megajoule. No momento em que ele passou pela última lente focal, o laser chegou a 2,03 megajoules, tornando-se o primeiro laser ultravioleta de 2 megajoules. O melhor é que a explosão causou menos dano ao conjunto óptico do laser do que era esperado, o que permitiu um outro disparo apenas 36 horas depois do de 2,03 megajoules.

Tudo começa com um único laser, o qual é dividido em 48 feixes. Os feixes são então redirecionados, usando espelhos, para amplificadores previamente bombeados por um total de 7680 lâmpadas de flash de Xenon. Depois de quatro saltos, os feixes são novamente divididos em 192 raios através de toda a instalação — que tem o tamanho de três campos de futebol. Na medida em que eles trafegam por aqueles tubos sem fim, os feixes são amplificados novamente numa taxa exponencial.

O resultado: de um pequeno laser de 1/bilionésimo de joule, os cientistas obtiveram raios com “1,8 milhões de joules de energia ultravioleta”, mil vezes a energia de todas as usinas dos Estados Unidos combinadas. Cinco trilhões de watts.

Desta vez, a instalação não mirou em alvo algum. Isso virá no final do ano, com a instalação — que é mantida pelo Complexo de Armas Nucleares dos EUA — correndo para atingir a ignição em seu primeiro experimento de fusão nuclear.

No que tudo isso implica? Os poderosos lasers comprimirão essa célula de combustível hidrogênio congelada, a qual será guardada num cilindro banhado a ouro chamado hohlraum. O hohlraum está localizado dentro de uma câmara de ignição com 9,9 metros de diâmetro e transformará os lasers em raios-x extremamente intensos, comprimindo o hidrogênio a 100 bilhões atm em apenas 1/1000000 de segundo.

Isso desencadeará uma reação de fusão nuclear controlada que criará uma pequena estrela, com sorte gerando mais energia que a energia usada para disparar o laser e conter o calor intenso dentro da câmara. Se isso der certo, talvez testemunhemos o início de uma nova fonte de energia limpa que poderá acabar com a nossa dependência em energia por fissão nuclear, petróleo e carvão.

De acordo com Ed Moses, diretor da National Ignition Facility, “é uma notável demonstração do laser do ponto de vista da sua energia, precisão, poder e disponibilidade”. O que Ed realmente quis dizer é “HELL YEAH!” [National Ignition Facility, via Nature via Physorg]

Gizmodo

21 de março de 2012

Homem consegue voar como pássaro batendo seus braços

Desde os primórdios da humanidade, o homem ansiava por ser capaz de voar como os pássaros. E conseguiu, através do intermédio de asa delta, balões, aviões e helicópteros, além de outros equipamentos. Mas não se pode dizer que podemos de fato imitar os pássaros, voando no mesmo sistema de bater asas que eles adotam. Ou melhor, não podíamos. Um engenheiro holandês, Jarno Smeets, foi o primeiro ser humano a obter esta façanha.

Aficionado por máquinas voadoras, ele inaugurou um projeto chamado “Human Bird Wings” (“asas de pássaro humanas”). Desde agosto de 2011, ele tem se preparado para uma empreitada que resultou em absoluto sucesso na última semana, conforme mostra o vídeo.

Ele conseguiu sobrevoar um parque por alguns minutos usando um par de asas artificial (feitas com vela de windsurf), que era movido exclusivamente com o seu bater de braços, sem nenhuma força mecânica.

O holandês voador partiu do chão, correu alguns metros e conseguiu voar. Em seu blog, ele mostra como projetou os primeiros desenhos, como elaborou seu sistema de navegação, e como construiu o modelo definitivo de seu par de asas. [HumanWingBirds]

Hypescience

 

Nota da Fê:

A-R-R-E-P-I-A-N-T-E!!!

Um sonho se torna realidade! Igualzinho a um pássaro! Smiley piscando Polegar para cima

ATUALIZADO: Infelizmente o vídeo é fake. Uma pena! Smiley triste

Obrigado ao leitor Claudio Naoto pela informação.

Descoberta nova pintura de Van Gogh

Image634679501054620619“Natureza morta com rosas e flores do campo”. Esse é o nome da nova pintura de Van Gohg, que não está assinada. Após nove anos de intensa pesquisa, os cientistas finalmente descobriram o autor do quadro, usando raios-X fluorescentes.

É uma pintura um tanto incomum para Van Gogh. Primeiro, o tamanho é estranho – muito grande, 100 por 80 centímetros. Suas flores nunca foram feitas tão grandes em seu período parisiense, quando esse quadro foi pintado. E ele é um tanto exuberante para o holandês.

A história desse quadro começou em novembro de 1885. Foi quando Van Gogh chegou em Antuérpia, na Bélgica, para entrar na Academia local. Van Gogh havia comentado com seu irmão Theo, através de suas famosas cartas, que ele estava pintando algo “grande com dois torsos nus, dois lutadores”.

Em fevereiro do outro ano ele viajou para Paris, para ficar com seu irmão. Na época, ele estava muito mal de dinheiro, e acabou usando a tela dos torsos para pintar algo em cima (coisa que ele sempre fazia). O novo quadro é o resultado disso.

Essa pintura reapareceu em 1974, após passar por muitas coleções particulares, mas sem ninguém ter certeza da sua autoria. Em 1998, exames simples usando raios-X mostraram os torsos fantasmas, o que levou alguns a associá-la com as cartas de Van Gogh para Theo. Como a evidência era muito fraca, a pintura foi oficialmente classificada como “anônima” em 2003.

Agora, nove anos depois, os pesquisadores conseguiram descobrir a verdade. Primeiro, eles obtiveram detalhes do trabalho dos torsos, na Academia de Antuérpia. A análise das flores levou a uma conclusão idêntica, apesar do tamanho e da composição inusitada.

Agora, a pintura ficará permanentemente em exposição no Museu Kröller-Müller, na Holanda, entre outros trabalhos do pintor. [GizModo]

Animais de estimação gostam de musica, mas não de qualquer uma

Image634679491378967203Quem aqui nunca viu seu animal de estimação “cantando” junto com uma música? Mas será que eles gostam do seu estilo musical?

“Nós temos uma tendência humana de nos projetar em nossos animais de estimação e assumir que eles vão gostar do que gostamos”, afirma o pesquisador Charles Snowdon.

Mas não é porque você gosta de Mozart que seu cachorro não vai preferir rock. E vice-versa. Ao contrário da ideia convencional de que a música é um fenômeno puramente humano, pesquisas recentes mostram que animais possuem também essa capacidade.

Porém, ao contrário dos nossos estilos, cada animal tem o que Snowdon chama de “música específica para espécies”: estilos familiares para cada espécie em particular.

Com alcances vocais e batimentos cardíacos diferentes dos nossos, os animais não conseguem se conectar ao nosso estilo musical. Estudos mostram que eles geralmente respondem à nossa música com total falta de interesse. Mas com isso em mente, Snowdon trabalhou com o tocador de violoncelo e compositor David Teie, para compor músicas específicas aos animais.

Em 2009, eles compuseram duas músicas para macacos, com vozes três oitavas superiores a nossa e ritmo cardíaco duas vezes maior. A música soava estranha para os humanos, mas os animais pareceram gostar. Agora, a dupla está compondo música para gatos, e estudando a reposta animal a isso.

“Nós estamos trabalhando para criar uma música com uma frequencia próxima a da voz dos gatos, e usando o ritmo cardíaco deles, que é mais rápido que o nosso”, comenta. “Nós descobrimos que os gatos preferem músicas compostas dessa maneira do que a música humana”.

Tem um gato? Teie está vendendo as músicas especiais online (começando com U$ 1.99 por música), através de uma empresa chamada “Music for Cats” (Música para Gatos).

Já os cachorros são mais complicados, principalmente porque eles variam muito no tamanho, na voz e no ritmo cardíaco. Mas se você tem um labrador ou um Mastiff, o gosto pode até ser similar ao seu. “Minha previsão é de que os cachorros grandes podem gostar mais da música humana do que um chihuahua”, afirma Snowdon.

De fato, uma pesquisa da psicóloga Deborah Wells mostrou que os cachorros conseguem discernir entre os diferentes tipos de música humana. “Eles demonstram comportamentos mais relaxados quando escutam música clássica e mais agitados quando ouvem heavy metal”, comenta ela.

Levando em conta essas pesquisas, o que será que seu animal de estimação pensa quando ouve Michel Teló? [MSN]

Hypercience

Amazon chega ao Brasil em setembro, afirma jornal

Image634679467576085756Maior loja online do mundo, a Amazon está ensaiando sua chegada ao Brasil a partir de 1º de setembro desse ano. Inicialmente a empresa pretende vender produtos menores, como CDs e DVD, além do e-reader Kindle desenvolvido internamente. A informação foi revelada em primeira mão pelo jornal Brasil Econômico, que afirma ter obtido um documento que confirma as suspeitas.

De acordo com a publicação, não será na chegada ao país que a Amazon venderá itens maiores, como móveis ou televisões de LCD. Em vez disso, produtos considerados “culturais” são os mais cotados para frequentarem a prateleira virtual da companhia.

Um executivo ouvido pelo Brasil Econômico sob condição de anonimato diz que a companhia planeja vender 1,1 milhão de produtos no quarto trimestre do ano. Para o ano que vem a expectativa é de vender ainda mais: 4,8 milhões.

Caso se concretize, a chegada da Amazon se dá num momento em que o grupo B2W, maior do e-commerce nacional, perde tração, em especial devido aos problemas constantes relacionados aos direitos dos consumidores. A empresa responsável por Americanas.com, Submarino e Shoptime.com recentemente sofreu decisão que impede a comercialização para o estado de São Paulo por 72 horas (assunto abordado no quinto episódio do Podcast). A B2W obteve liminar que suspende a decisão judicial.

O jornal fala na venda também de videogames e softwares, mas não deixa claro que os tais videogames são os consoles em si ou os jogos para Xbox, Wii e PlayStation. A dúvida permanecerá até que a Amazon anuncie oficial a operação nacional.

O leitor de e-books Kindle possivelmente será a carta na manga da Amazon. Queridinho de quem curte uma leitura sem depender de visor com iluminação própria, ele promete causar menos danos à visão e menos cansaço. Outras empresas vendem o Kindle nos Estados Unidos, mas o poder de barganha permanece na mão da Amazon. Será que em breve o e-reader também desembarca por aqui?

O Kindle foi homologado pela Anatel no ano passado.

Hoje em dia o site da Amazon para Estados Unidos oferece a entrega de alguns itens relacionados a cultura para o Brasil, desde que o cliente opte por pagar o frete mais custoso da remessa internacional.

Tecnoblog

[YT] Prometheus - Trailer 2(HD) [Legendado]

19 de março de 2012

[YT] Queen - Under Pressure

 

Nota da Fê:

Quantos anos [ou décadas] teremos que esperar até que uma música dessas seja composta novamente?

Era dourada do POP que infelizmente não volta mais…

16 de março de 2012

[YT] Amazing Light Suit Dance Performance [TRON inspired]



Nota da Fê:

Uma apresentação 'a-lá' Tron no Japão.

15 de março de 2012

Cientistas identificam espécie humana completamente nova na China

Sua árvore genealógica acabou de crescer. Cientistas analisaram fósseis encontrados na China, e verificaram que ele é de uma espécie humana como nunca antes identificado. Dê um oi para seu parente longínquo.

O crânio acima, descoberto em 1979 na província de Guangxi, na China, só agora foi completamente analisado (ninguém explicou por que tanta demora). Segundo os cientistas, ele tem ossos espessos, arcos supraciliares – as saliências acima dos olhos – bastante proeminentes, um rosto bem curto e reto, e não há o queixo geralmente encontrado em humanos. “Em suma, ele é anatomicamente único entre todos os membros da árvore evolucionária humana”, explica o pesquisador Darren Curnoe à New Scientist.

E mais: apesar das grandes diferenças, a espécie recém-descoberta agia de muitas formas como outros humanos. Há evidências de que eles cozinhavam cervos em cavernas, por exemplo, o que os separa dos macacos. A descoberta foi documentada em artigo no PLoS One.

Os detalhes mais específicos de como a nova espécie entra em nossa árvore genealógica são mais incertos. Uma teoria diz que esta era uma nova linha evolucionária que seguiu paralelamente à nossa espécie, assim como os neandertais. Outra teoria sugere que eles poderiam ser descendentes do hominídeo de Denisova, que habitava a Sibéria. Testes de DNA devem ajudar a resolver este problema, e revelar se este parente é próximo ou distante. [PLoS One e New Scientist; foto por Darren Curnoe]

Gizmodo

Google está sendo arruinado por dentro pelo Google+?

Image634674486907760322James Whittaker, ex-diretor do Google, explica em carta aberta intitulada “Por que eu deixei o Google” como a gigante das buscas mudou por dentro para competir com o Facebook. O foco no social parece estar deixando o Google menos inovador, menos criativo — e menos interessante como empresa para se trabalhar.

Whittaker trabalhava na Microsoft, mas foi para o Google em 2009. Em seu blog, ele diz que era apaixonado pela empresa: “ninguém tinha que me perguntar duas vezes para elogiar o Google”. Ele diz que já teve diversas oportunidades para trocar de empresa, mas para Whittaker, era difícil imaginar um lugar melhor de se trabalhar.

Isso mudou. Com um novo foco no social, e com outro CEO no comando – sai Eric Schmidt, entra Larry Page – o Google se transformou por dentro:

O Google pelo qual eu era apaixonado era uma empresa de tecnologia que estimulava seus funcionários a inovar. O Google do qual saí era uma empresa de publicidade com um só foco corporativo.

Como o próprio Whittaker lembra, o Google sempre foi uma empresa de publicidade, de onde sai mais de 95% do seu faturamento. Mas isso era secundário: o dinheiro permitia que a maioria dos funcionários tornassem a empresa uma “fábrica de inovação” — publicidade não era o objetivo fixo e central do Google. O sucesso do Facebook mudou isto.

Whittaker explica que a empresa deu várias investidas em redes sociais, mas todas – Wave, Buzz, mesmo o Orkut – falharam em dominar o mercado. O Google “acordou de sonhos com o social” com a forte ameaça do Facebook. Sim, o Google tem um alcance bem maior que o Facebook, mas a rede social conhece bem melhor seus alvos da propaganda. As empresas querem isto, e a inovação do Google, sob o comando de Eric Schmidt, fracassou em torná-lo social.

Aí entra Larry Page. O Google resolveu declarar que “compartilhar não funciona na web”, e só o Google+ poderia consertar isso. Nas palavras de Whittaker:

O próprio Larry Page assumiu o comando para corrigir este erro. O social se tornou estatal, uma ordem corporativa chamada Google+. Era um nome ominoso, invocando o sentimento de que apenas o Google não era o bastante. A busca tinha que ser social. O Android tinha que ser social. O YouTube, antes feliz em sua independência, tinha que ser… bem, você entende. O pior é que a inovação tem que ser social. Ideias que não coloquem o Google+ no centro do universo são uma distração.

Provavelmente por isso estamos vendo ideias sociais bizarras – como usar máscaras virtuais no videochat do Google+ – ganhando destaque da empresa. Whittaker trabalhou empolgado como diretor de desenvolvimento do Google+, mas perdeu o entusiasmo. Como ele mesmo diz, compartilhar na web funciona bem, sim – só que o Google não faz parte disso. Ele tentou convencer a própria filha de usar a rede social do Google e não conseguiu. A filha dele disse sábias palavras: “social não é um produto – social são pessoas, e as pessoas estão no Facebook”.

A verdade, vista em depoimentos como esse ou mesmo conversas informais com funcionários de várias filiais do Google pelo mundo, é que este descontentamento é cada vez mais comum dentro da empresa. Volta e meia ela vem a público, como aconteceu recentemente. Whittaker voltou à Microsoft no mês passado, e termina sua carta — que você precisa ler no link a seguir — assim: “o antigo Google era um ótimo lugar para se trabalhar. O novo Google? -1.” [JW on Tech via AFP/Folha]

Nota da Fê:

Pois é… Há um bom tempo critico as mudanças internas do Google. Tô sempre me degladiando com elas justamente porque são restritivas. Isso não ocorria no velho Google.

[YT] Planet of the Apes (1968) trailer

[YT] Day the Earth Stood Still Trailer

11 de março de 2012

Bruce Boxleitner diz que produção do novo filme terá início em 2014

Image634670882922600032Bruce Boxleitner - que viveu Alan Bradley, o Tron, nos dois filmes da franquia - falou sobre a sequência de Tron - O Legado ao IAR.

Segundo o ator, que em agosto do ano passado  afirmou que o novo filme sairia em 2013, a produção agora deve tomar forma em 2014: "Tudo pode acontecer, mas tudo que eu posso dizer é que [a sequência] está em fase de formação. Joseph Kosinski  [diretor do primeiro filme], que vai dirigir, está trabalhando em um outro filme agora, e assim que acabar vai assumir a continuação. Acho que em algum momento em 2014, talvez".

O filme que Kosinski trabalha atualmente é Oblivion, ficção científica estrela por Tom Cruise. Em junho de 2011, a Disney contratou Dan DiGilio para escrever a sequência, mas o estúdio ainda não se pronunciou oficialmente sobre o futuro da franquia. Apenas a  série de TV de Tron parace ter seu futuro acertado, com estreia marcada para junho deste ano.

Omelete

 

Nota da Fê:

Kosinski na direção! Smiley piscando Polegar para cima

Pequena correção no texto acima. Bruce viveu o Alan E o Tron no filme original de 1982. Em Legacy ele fez o Alan e dublou o Tron já que um dublê é que estava sob o capacetão de inseto do nosso herói ‘eletrônico’.

[YT] The Hollies - Stop in the name of Love

 

Nota da Fê:

Do ‘time’ das grandes bandas que o mundo esqueceu.

9 de março de 2012

As gerações futuras não conhecerão isso…

003a

 

OK6bC

Nota da Fê:

Fitas Cassetes – As ‘mães’ do iPod! Smiley piscando

Não confunda O CAVALEIRO SOLITÁRIO com o ZORRO

Image634668562510335483Pois é, os dois justiceiros mascarados que protagonizaram vários seriados, filmes e séries de TV, e que no Brasil chegaram a ser erroneamente chamados de Zorro, estão voltando às telas do cinema. Em The Lone Ranger, da Disney, o índio Tonto (Johnny Depp) conta como o Patrulheiro John Reid (Armie Hammer), dado como morto, se transforma no lendário justiceiro mascarado do Velho Oeste conhecido como O Cavaleiro Solitário. A produção é de Jerry Bruckheimer e a direção fica por conta de Gore Verbinski, que voltam a se reunir com Depp após a trilogia original de Piratas do Caribe. Após o projeto quase não sair devido ao seu elevado orçamento, os custos foram reduzidos e as filmagens estão em andamento, com estreia marcada para 31 de maio de 2013. Já Zorro Reborn, da Fox, transportará Zorro da Califórnia espanhola para um futuro pós-apocalíptico, onde ele não lutará pela liberdade do povo, mas sim buscará se vingar de um tirano e seus mercenários. O mexicano Gael Garcia Bernal está escalado para vestir a máscara e a capa do herói, enquanto o peruano Ricardo de Montreuil deverá filmar um teste com o ator. Apesar de o peruano não ter assinado contrato para dirigir o longa, comenta-se que o teste é um indicativo de que isso irá acontecer em breve.

SCI FI do Brasil

Nota da Fê:

Esse Lone Ranger tá estranho, but… aguardemos!

8 de março de 2012

Ataque infecta 200 mil páginas de blogs WordPress com antivírus falso

Image634667735110817586A Websense, empresa de segurança especializada em filtragem de sites, divulgou a existência de um ataque que infectou 200 mil páginas em 30 mil sites de internet diferentes. Quando o internauta visita um desses sites infectados, uma janela idêntica ao Windows Explorer aparece na tela e traz uma mensagem de que há arquivos infectados no PC. Um "antivírus" é oferecido, mas o programa é o verdadeiro vírus.

A maioria dos sites infectados usa o sistema de gerenciamento de blog WordPress e 85% dos sites estão localizados nos Estados Unidos. No entanto, segundo a Websense, 9,74% das vítimas que visitaram esses sites são brasileiros.

Depois de instalado no computador, o antivírus falso constantemente informa o internauta de que há um vírus no sistema. Para remover a ameaça, será preciso comprar o software, gerando receita para os criminosos. Esse modelo de fraude é chamado de "scareware".

Ataque a sites
Blogs do WordPress podem ser atacados por meio de temas e plug-ins maliciosos e também com falhas de segurança existentes em versões desatualizadas do software.

De acordo com um estudo publicado no início do ano pela Blue Coat Systems, o número de sites maliciosos aumentou em 240% durante o ano de 2011. Muitos desses sites são legítimos, mas que, por conta de alguma falha de segurança, acabaram sendo alterados por criminosos.

G1

Ecad diz ser legal cobrança de taxa de blogs que usam vídeos do Youtube

O Ecad (Escritório Central de Arrecadação e Distribuição) afirma ter embasamento legal para cobrar taxas de blogs que utilizam vídeos do Youtube. Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (7), o órgão - que atua na cobrança dos direitos autoriais de músicas executadas publicamente no Brasil - diz ainda que seu "trabalho não tem como foco a cobrança de direito autoral em blogs e sites de pequeno porte".

Blog Caligraffiti é recebe notificação do Ecad (Foto: Reprodução Caligraffiti)Em post, o blog Caligraffiti diz ter recebido notificação do Ecad (Foto: Reprodução Caligraffiti)

A nota do Ecad surgiu a propósito do recente caso envolvendo o blog Caligraffiti, relatado nesta quarta pelo jornal "O Globo". Na última sexta-feira (2), um post do Caligraffiti afirmava que o site havia recebido "um email do ECAD dizendo que teríamos que começar a pagar por embedar vídeos sonorizados do You Tube e Vimeo". Em razão da notificação, e por orientação de advogados, o blog chegou a passar alguns dias fora do ar.

O Ecad, por sua vez, argumenta no comunicado que, por lei, o pagamento é obrigatório: "O direito de execução pública no modo digital se dá através do conceito de transmissão presente no art. 5º inciso II da Lei de Direitos Autorais 9.610/98, que define que transmissão ou emissão é a difusão de sons ou de sons e imagens, por meio de ondas radioelétricas; sinais de satélite; fio, cabo ou outro condutor; meios ópticos ou qualquer outro processo eletromagnético, o que contempla também a internet".

De acordo com a nota, o fato de o Youtube já efetuar o pagamento em função dos vídeos que publica não isenta outros sites de cobranças. "De acordo com o artigo 31 da Lei 9.610/98, as diversas modalidades de utilização da música são independentes entre si, e a autorização para o uso por uma delas não se estende para as demais", observa o órgão.

"Isto significa que, se uma rede social como o You Tube, por exemplo, efetua o pagamento do direito autoral pela execução pública musical dos vídeos que veicula, o uso destes por terceiros caracteriza uma nova utilização, cabendo, portanto uma nova autorização/licença e um novo pagamento."

Por meio de sua assessoria, o Ecad afirma ao G1 que atualmente tem cadastrado "aproximadamente 1.170 sites que utilizam música publicamente na internet". Diz ainda que estão aí incluídos "sites de grande, médio e pequeno portes, que utilizam a música publicamente através de diversas formas de streaming".  "Desde 2006 há usuários cadastrados e a tabela de preços está disponível no site do Ecad.

Leia, a seguir, a íntegra da nota do Ecad:

"ESCLARECIMENTO DO ECAD SOBRE A COBRANÇA DE DIREITOS AUTORAIS A BLOGS E SITES DA INTERNET

O Escritório Central de Arrecadação e Distribuição – Ecad – órgão que atua desde 1977 na defesa dos direitos autorais de artistas que têm suas obras musicais executadas publicamente no Brasil esclarece que seu trabalho não tem como foco a cobrança de direito autoral em blogs e sites de pequeno porte. O que ocorre, no entanto, é o trabalho rotineiro de monitoramento dos usuários que executam músicas publicamente para que haja uma conscientização de que a retribuição autoral por execução pública musical é um direito dos compositores, intérpretes e músicos, que deve ser feita sempre que a música protegida for executada publicamente.

O direito de execução pública no modo digital se dá através do conceito de transmissão presente no art. 5º inciso II da Lei de Direitos Autorais 9.610/98, que define que transmissão ou emissão é a difusão de sons ou de sons e imagens, por meio de ondas radioelétricas; sinais de satélite; fio, cabo ou outro condutor; meios ópticos ou qualquer outro processo eletromagnético, o que contempla também a internet.

De acordo com o artigo 31 da Lei 9.610/98, as diversas modalidades de utilização da música são independentes entre si, e a autorização para o uso por uma delas não se estende para as demais. Isto significa que, se uma rede social como o You Tube, por exemplo, efetua o pagamento do direito autoral pela execução pública musical dos vídeos que veicula, o uso destes por terceiros caracteriza uma nova utilização, cabendo, portanto uma nova autorização/licença e um novo pagamento. O que deve ser observado, acima de tudo, é que por trás das músicas que são executadas na internet existe o trabalho de diversos profissionais que vivem do negócio da música e devem ser recompensados por seu trabalho.

Por fim, gostaríamos de informar que o Ecad distribuiu, em 2011, R$ 2,6 milhões em direitos autorais por execução pública musical em Mídias Digitais*, beneficiando mais de 21 mil compositores, intérpretes, músicos, editores e produtores fonográficos, um crescimento de 119% em relação a 2010, ano que em a distribuição nesse segmento se iniciou.

* Mídias Digitais: Streaming (permite que um conteúdo seja transmitido na rede. As informações transmitidas, não são arquivadas na máquina do usuário), Simulcasting (transmissão simultânea de rádio e TV convencionais para dispositivos conectados à rede), Ambientação de sites (sonorização de sites com músicas)."

G1

 

Nota da Fê:

Extremamente preocupante e… ridículo! Alguém deveria informar ao ECAD que vídeos hospedados em sites como o YouTube são apenas ‘linkados’ aos blogs e que, vídeos assistidos nestes, contam como visualizações nos respectivos sites. E eles pagam direitos autorais!

Sem palavras…

Daqui a pouco vão cobrar pela música que você ouve em casa! Afinal, se você tem um aparelho potente, seus vizinhos vão ouví-la também! Parece absurdo, mas em festas eles já cobram pelos direitos das canções…

E, despois, é a ‘pirataria’ que está acabando com a indústria fonográfica. Sei…

Compare o novo iPad com os modelos antigos

A Apple anunciou nesta quarta-feira (7) o novo iPad em evento na cidade de San Francisco, nos Estados Unidos. O tablet passa a contar com tela de alta definição e internet 4G (quarta geração), por meio da tecnologia LTE. Mas a empresa avisa que todos os novos iPads estarão preparados para funcionar em redes 3G, o que é uma boa notícia aos brasileiros, que ainda não têm à sua disposição uma rede 4G consolidada. Veja abaixo a comparação com a primeira versão, lançada em 2010, e com o iPad 2, vendido atualmente e revelado há 1 ano.

arte comparativo ipad (Foto: Arte G1)

O novo aparelho vai começar a ser vendido nos EUA e em outros 9 países no próximo dia 16. Outros 26 receberão o tablet em 23 de março, mas o Brasil não está na lista --ainda não foi anunciada a data de chegada do aparelho ao país.

G1

 

Nota da Fê:

Por enquanto fico com o iPad 2. O mais leve de todos [para mim isso é importante]. O iPad 3 é voltado para o mercado de games e multimídia. Resolução animal!

Fico no aguardo do suporte a língua portuguesa! Aí sim, quando puder ditar textos no iPad vai ser o ‘must’! Terei muito da minha liberdade reconquistada. Esse é o meu sonho! E esse dia está próximo!

Go, Apple, Go! Conto com vocês! Smiley piscando

7 de março de 2012

Acidente do Titanic foi precedido por alinhamento de Sol e Lua, diz estudo

Image634666918080008249A colisão do Titanic com um iceberg em 1912 pode ter sido consequência de um raro alinhamento do Sol e da Lua ocorrido mais de quatro meses antes, segundo um artigo publicado na edição de abril da revista "Sky & Telescope".

Aproveitando a renovada fascinação em torno do naufrágio do transatlântico, pela proximidade do centenário do acidente no qual morreram aproximadamente 1,5 mil pessoas, os astrônomos da Universidade Estadual do Texas Donald Olson e Russell Doescher explicaram sua hipótese sobre a abundância de icebergs na rota da embarcação.

Na noite do dia 14 de abril de 1912, o navio, que "nem Deus era capaz de afundar", segundo a publicidade da época, bateu em um iceberg e naufragou.

Outras embarcações que responderam aos chamados de socorro encontraram na região do Atlântico Norte uma abundância incomum de icebergs.

Pesquisa
Junto com a proliferação de reportagens, romances e filmes que transformaram o afundamento do Titanic no "acidente do século 20", se multiplicaram por décadas as perguntas sobre o motivo da existência de um número de icebergs superior ao habitual na área.

Os astrônomos partiram do trabalho do oceanógrafo Fergus J. Wood, da Califórnia, um estudioso das marés. Ele sugeriu que uma aproximação rara da Lua à Terra, ocorrida em 4 de janeiro de 1912, pode ter contribuído para marés também mais altas do que o normal.

Olson e Doescher descobriram que nessa data também ocorreu um acontecimento pouco comum: a Lua e o Sol se alinharam de uma maneira que fez com que sua atração gravitacional se reforçasse mutuamente, formando o que é conhecido como maré de sizígia.

Além disso, a proximidade da Lua foi a maior registrada em cerca de 1.400 anos e ocorreu dentro dos seis minutos de uma lua cheia. Já a aproximação máxima do Sol havia ocorrido no dia anterior.

"Foi a maior aproximação da Lua à Terra em mais de 1.400 anos e esta configuração maximizou as forças lunares que levantam as marés nos oceanos da Terra", disse Olson.

Icebergs
Inicialmente, os pesquisadores procuraram determinar se marés mais cheias tinham aumentado os desprendimentos de icebergs na Groenlândia, que é o local de origem da maioria dos icebergs dessa região atlântica.

Mas logo se deram conta que, para chegar à rota de navegação do Titanic por volta de abril, os icebergs desprendidos das geleiras da Groenlândia em janeiro deveriam ter se deslocado muito rápido e em sentido contrário às correntes.

No entanto, segundo o depoimento das tripulações dos outros navios que responderam ao chamado do Titanic, havia muitos icebergs na área, tantos que pelo resto da temporada de 1912 as rotas de navegação foram desviadas para o sul.

A resposta à questão sobre a procedência de tantos icebergs na região está nos icebergs encalhados e à deriva.

À medida que os icebergs desprendidos da Groenlândia se movimentam para o sul, muitos ficam encalhados nas águas menos profundas do litoral de Terra Nova e Labrador (Canadá).

Normalmente, os icebergs ficam ali e não conseguem se movimentar até que derretam o suficiente para voltar a flutuar, ou até que uma maré alta os libere.

Assim, os astrônomos do Texas levantaram a hipótese de as marés mais elevadas do que o normal de janeiro de 1912 terem desencalhado estes icebergs, que se deslocaram rumo ao sul pelas correntes oceânicas e em direção às rotas de navegação.

G1

Cientistas tentam desvendar mistério da 'música grudenta'

Image634666907887395265As músicas têm uma capacidade incrível de grudar nas nossas cabeças e ficar ecoando sem parar em nosso pensamento, atrapalhando a concentração em qualquer outra atividade. Como repórter de ciências, resolvi descobrir por que isso acontece.

Há várias semanas, em uma manhã de domingo, eu estava em casa e, de uma hora para outra, três palavras surgiram na minha cabeça: Funky Cold Medina.

Esse é o nome de uma música do rapper Tone Loc, que, fiquei sabendo recentemente, fez muito sucesso nos anos 1990. Eu ouvira a canção pela primeira vez na noite anterior, em bar de caraoquê.

Por mais que eu tentasse parar de pensar na música, a letra da canção não saía da minha cabeça. Eu passei quase dois dias até conseguir finalmente esquecer a música.

A pesquisadora Vicky Williamson, especializada em psicologia da música, resolveu estudar o fenômeno de músicas que grudam na cabeça depois de perceber que havia pouca literatura científica sobre o assunto.

Ela descobriu que há diversos termos diferentes em inglês usados pelos cientistas para descrever o fenômeno: 'stuck-song syndrome' (ou síndrome da canção empacada), 'sticky music' (canção pegajosa), 'cognitive itch' (coceira cognitiva) ou 'earworm' (verme de ouvido).

Williamson participou de um programa de rádio da BBC perguntando aos ouvintes quais 'músicas pegajosas' estavam os afligindo recentemente. Ela também reuniu relatos e experiências em uma pesquisa feita no seu site .

Estresse
Com base nesses dados, ela chegou a alguns resultados surpreendentes.

'Quando analisei mais de mil canções pegajosas, percebi que apenas meia dúzia havia sido citada mais de uma vez -- o que mostra quão heterogênea foi a resposta das pessoas. É um fenômeno muito individual', diz Williamson.

Hoje a pesquisadora já possui mais de 2,5 mil relatos. Ela diz que algumas músicas são mais pegajosas simplesmente por estarem em evidência em filmes e seriados de televisão.

É o caso da canção Don't Stop Believing, do conjunto Foreigner [Nota da Fê: A canção é do Journey], que no começo da sua pesquisa era uma das mais citadas. Na época, a música havia voltado às paradas graças ao seu uso no musical americano Glee.

A psicóloga passou então a tentar entender quais mecanismos desencadeiam o fenômeno.

O primeiro dos fatores é a exposição. A música precisa ter sido ouvida recentemente. Outro é a repetição: quanto mais frequente a música toca, maior é a chance de ela grudar na cabeça de quem ouve.

No entanto, muitas músicas podem ser 'despertadas' por memórias ou ambientes ao nosso redor.

Williamson explica que passou por esse tipo de experiência quando viu uma caixa de sapatos antiga em seu escritório.

'A caixa era de uma loja chamada Faith. Só de ler essa palavra, minha cabeça percorreu uma trilha de memórias até chegar à canção Faith, de George Michael. Dali em diante, eu passei o resto da tarde com a música na cabeça', conta a pesquisadora, que resolveu tirar a caixa do escritório.

Outro fator é o estresse. Uma das entrevistadas disse que quando ela tinha 16 anos -- durante uma época de exames escolares estressantes -- ela ficou com a música 'Nathan Jones' do Bananarama em sua cabeça por dias.

Agora, a entrevistada diz ouvir a música em sua cabeça toda vez que vive algum momento de estresse.

Memória musical
Há algumas teorias que tentam explicar por que uma música gruda na cabeça das pessoas.

Williamson diz que isso pode ser parte de um fenômeno mais amplo, conhecido como memória involuntária. Outra manifestação de memória involuntária é quando alguém fica com vontade de comer algo por se lembrar de uma comida.

Há uma série de motivos que fazem com que isso aconteça também na música. Primeiro pela música ser um estímulo multissensorial, que é sensível a vários fatores externos.

'Segundo porque a música é codificada de forma muito pessoal e emocional, e sabemos que tudo que é codificado com conotações pessoais e emocionais é mais fácil de ser lembrado pela memória', afirma Williamson.

Outros especialistas sugerem que o fenômeno é explicado pela forma como os humanos se desenvolveram.

'Por um longo período, nós precisávamos lembrar informações do tipo: onde fica o poço mais próximo, que tipos de comidas são venenosas e como tratar feridas para evitar infecções', diz Daniel Levitin, da Universidade McGill, de Montreal, especialista em neurociência da música.

Como a escrita só foi inventada há cinco mil anos, enquanto os humanos existem há 200 mil anos, a música foi usada por muito tempo como técnica de memorização, explica Levitin.

Essa prática, segundo ele, continua até hoje, sobretudo em culturas com forte tradição oral.

Levitin diz que a combinação de ritmos, rimas e melodia faz com que músicas sejam mais fáceis de se memorizar do que apenas palavras.

Aos que querem se livrar de uma canção pegajosa, Levitin sugere: 'Pense em outra música, que talvez possa expulsar a canção da sua cabeça'.

Vicky Williamson está buscando a melhor 'cura' para músicas grudentas. Uma das táticas que ela tem explorado é praticar outras atividades, como palavras-cruzadas ou corrida.

*Rhitu Chatterjee, do programa 'The World', para a BBC

Folha

James Cameron comanda especial sobre aniversário do Titanic

Image634666894716121911O cineasta James Cameron, que ganhou o Oscar pela direção do filme "Titanic" (1997), vai comandar um especial de TV de duas horas chamado "Titanic: A Última Palavra com James Cameron", que será exibido em 8 de abril, para marcar o 100º aniversário do naufrágio do transatlântico.

Descrito como "a investigação final sobre a tragédia", o especial no canal National Geographic será apresentado em um palco cujo cenário é uma réplica do navio. Ali, Cameron reunirá especialistas para falar sobre o Titanic --engenheiros, arquitetos navais, artistas e historiadores--, que tentarão desvendar o motivo do naufrágio, em abril de 1912.

Segundo comunicado do NatGeo, a intenção é realizar uma investigação que "pode alterar a interpretação do quê exatamente aconteceu no Titanic".

Em 9 de abril, o canal National Geographic vai transmitir "Salvem o Titanic com Bob Ballard", na qual Ballard, o homem que descobriu o local onde estava o Titanic, em 1985, viaja para a Irlanda para encontrar alguns dos homens que ajudaram a construir o navio e discutir como os destroços da embarcação correm risco de saques, entre outras ameaças.

"Se o Titanic não for protegido e não houver segurança no local, ele será desmantelado até que todas as joias sejam retiradas", afirmou Ballard em comunicado.

A revista National Geographic, por sua vez, vai dedicar a matéria de capa para o aniversário do Titanic. O filme de Cameron, que ganhou 11 Oscars, será relançado em 4 de abril, com cópias em versão 3D.

 

Folha

Homenagem a Ralph McQuarrie (1929 – 2012)

[YT] Homenagem a Game Of Thrones na Abertura dos Simpsons

Parabéns, Valentina Tereshkova!

Image634666828859285116

Nota da Fê:

Ontem [6 de março] Valentina Tereshkova,  a primeira cosmonauta da história e a primeira mulher a ir ao espaço em 16 de junho de 1963, completou 75 anos! Parabéns, Valentina! Bolo de aniversário

Mais na Wikipédia

O Hobbit – Cartazes Minimalistas

tumblr_lvtzyk6hRs1r6ac1io1_400tumblr_lvtzyk6hRs1r6ac1io2_400

Nota da Fê:

Dizem tudo de fato. Amei o segundo.

6 de março de 2012

[YT] Zomax ZX4–O Tênis ‘Tron’ado’

Nota da Fê:

Qualquer semelhança com Tron Legacy é mera coincidência, não? A música, então… nada a ver!

Notaram o ‘carrossel’ na abertura do BBB12? Também mera coincidência? Inclusive as cores? Lembram que na época do lançamento do Legacy comentei que a estética visual dele iria influenciar a moda? Pois é! Tá aí.

Terra Nova é cancelada pela Fox

Image634665943730715839Terra Nova, série de dinossauros produzida por Steven Spielberg, acaba de ser cancelada pela Fox depois de uma temporada. O canal decidiu não seguir adiante com o programa, que agora tentará uma sobrevida em alguma emissora que aceite bancar a produção de uma nova temporada.

Segundo o Deadline, a Fox tomou a decisão depois de semanas analisando opções para remexer a trama de Terra Nova  em um ano dois. A audiência mediana e as vendas para os canais Fox ao redor do mundo mantinham acesas as esperanças de que a série fosse renovada, mas isso não aconteceu. A segunda temporada começaria entre outubro e novembro nos EUA.

Vamos ver agora se a Fox consegue negociar a série com outro canal.

A trama de Terra Nova  começa no ano de 2149 d.C., quando um grupo de pessoas se prepara para deixar o mundo pós-apocalíptico em que vivem para viajar ao passado em uma máquina do tempo de alta tecnologia. A intenção é recomeçar a vida 85 milhões de anos atrás, no Jardim do Éden idealizado por eles - desfrutar de céu azul, árvores, comida de verdade... No entanto, a realidade que encontram no passado pré-histórico é muito diferente do que imaginavam.

Omelete

 

Nota da Fê:

Me perdoem os fãs, mas estava fraquinha mesmo. Smiley triste

"O Clube dos Cafajestes" ganhará musical lembrando os 30 anos da morte de John Belushi

Image634665937268426217O braço de produções teatrais do estúdio universal anunciou nesta segunda (5), data que marca trinta anos da morte de John Belushi, que irá adaptar aos palcos um musical de “O Clube dos Cafajestes” (1978).

O filme se tornou um dos clássicos das “comédias de faculdade” dos anos 1970 e 1980, em particular pela exímia atuação de humor pastelão de Belushi, que também era membro do elenco de “Saturday Night Live”.

A adaptação é a mais recente da onda de histórias que vão das telas aos palcos, seguindo o exemplo de filmes como “Homem-Aranha” e “Priscilla, a Rainha do Deserto”.

Cinema.com.br

 

Nota da Fê:

Essa ‘onda’ de filmes virarem musicais não é nova. Praticamente todo blockbuster que você conhece já virou musical. É bem velha, na verdade. Mas alguns ainda não foram adaptados. Deixa ver… Avatar, o Musical não tem ainda. Tron também não, mas teve um On Ice! Serve? Smiley mostrando a língua

"Foi um verdadeiro inferno", diz ator sobre vida pós-"Star Wars"

Image634665931598211899Jake Lloyd, o ator que interpretou o Anakin Skywalker mais novo em “Star Wars Episódio I – A Ameaça Fantasma”, ficou traumatizado com a experiência: “foi um verdadeiro inferno”.
Com oito anos na época, o então ator mirim sofreu bullying por parte de seus colegas de escola. “As outras crianças eram realmente más comigo. Elas faziam o som do sabre de luz toda vez que me viam. Era uma loucura completa”, afirmou Lloyd, hoje com 22 anos, ao jornal “Daily Mail”.

O ex-ator contou que enfrentava uma rotina exaustiva, com cerca de 60 entrevistas por dia, e acabou desistindo para sempre da atuação. “Aprendi a odiar quando as câmeras estão voltadas para mim”, disse.

O trauma da situação foi tanto que Lloyd destruiu todas as lembranças relacionadas ao filme e limitou-se a dublar a voz de seu personagem para jogos de videogame.

Cinema.com.br

 

Nota da Fê:

Atores mirins dificilmente não tem algum tipo de trauma.

IT´S ALIVE!!! :D

Aviary google-com Picture 2

Nunca teve na verdade. Noivorido explicou no post anterior.

Que susto!

5 de março de 2012

Comunicado Oficial!

Olá pessoal

Não se assustem ao visitarem a página do Vintage69. Sofremos um bloqueio de segurança do google pois foi identificado um link para um site que continha outro link para outro site que por sua vez distribuía material malicioso.

Lembrando que não há perigo de se visitar o blog, já que de acordo com o Google "nos últimos 90 dias o Vintage69 não pareceu (na realidade nunca fez) funcionar como um intermediário para contaminação de sites."

Já retiramos o link e avisamos o Google. Agora só nos resta esperar a liberação do Vintage69.

Obrigada pela atenção.

Novo estudo mostra que Caravaggio fez versão anterior de Medusa

Do hábito de assistir a execuções públicas em Roma, Caravaggio desenvolveu sua habilidade assombrosa para retratar cabeças decepadas.

Mas uma nova decapitada tem roubado a cena desde que foi anunciada na semana passada na Itália. Aquilo que pensavam ser uma cópia da célebre Medusa que o artista pintou sobre um escudo é, na verdade, a primeira versão, também dele, da obra que hoje está em Florença.

A informação é do repórter Silas Martí e está publicada na Folha deste sábado (a íntegra está disponível para assinantes do jornal e do UOL, empresa controlada pelo Grupo Folha, que edita a Folha).

Na Galleria degli Uffizi, na cidade que foi epicentro do Renascimento, o rosto desesperado da mulher de cabelos de serpente sempre foi um sucesso de público, estando entre as 25 obras mais importantes do palácio onde mora também a Vênus de Botticelli.

Agora, especialistas debatem o impacto da versão recém-descoberta. Enquanto o escudo do Uffizi data de 1600, dez anos antes da morte de Caravaggio, aos 38 anos, a nova Medusa é de 1596.

Ao contrário da Medusa conhecida até hoje, a primeira versão esconde por baixo da pintura um raro desenho preparatório do artista --Caravaggio, que pertencia à escola veneziana de pintura, não costumava fazer esboços e pintava direto sobre a tela.

Image634665066980704860

Folha

4 de março de 2012

Teste de Idade

Image634664226255119761

2 de março de 2012

Encontrado capacete de um guerreiro grego de mais de 2.000 anos de Idade

Image634662588687157288

O capacete de bronze revestido com ouro foi descoberto em uma baía de Israel e não se sabe como ele chegou lá. Provavelmente pertencia a um guerreiro grego que participou das guerras que assolaram a região nesse período.

Tradução para o Português [Google] aqui.