Wozniak se diz envergonhado com 1ª cena divulgada de filme sobre Jobs


Após um trecho do filme "Jobs" ser revelado na internet (acesse aqui, em inglês), Steve Wozniak, cofundador da Apple, disse que ficou envergonhado com a cena. No trecho, Ashton Kutcher, que interpreta Steve Jobs, discute com Wozniak no estacionamento da HP sobre o novo sistema operacional criado por ele. "Nem perto. Nunca tivemos essa interação e papéis. As personalidades estão muito erradas, embora a minha esteja mais próxima", escreveu em um comentário no site "Gizmodo".

Na cena, Jobs descobre que Wozniak pode criar um computador pessoal com informações em tempo real na tela, e tenta convencê-lo a vender. "Totalmente errado", disse o cofundador no seu comentário. Segundo Wozniak, as ideias sobre os efeitos dos computadores na sociedade não vieram de Jobs. "Elas me inspiraram e foram amplamente faladas no Homebrew Computer Club (clube do computador feito em casa)", disse.

No clipe, Jobs diz: "Isso é a liberdade para criar, para fazer e construir, como artistas, como indivíduos". "Você está exagerando. Mesmo se você estivesse desenvolvendo isso para anormais como nós, e eu duvido que você está, ninguém quer comprar um computador, ninguém", respondeu Wozniak, na cena. "Como alguém sabe o que quer se nunca viu isso antes?", rebateu Jobs.

De acordo com Wozniak, a ideia de Jobs era fazer uma placa de PC de US$ 20 e vendê-la por US$ 40 para ajudar as pessoas do clube a construir seus computadores. "Meu propósito foi inspirado pelos valores do Homebrew Computer Club, junto com as ideias sobre o valor dessas máquinas. Steve não estava por perto e não frequentou o clube. Então, era ele quem estava aprendendo sobre esse impacto social futuro".

"Eu nunca pareci um profissional. Nós éramos garotos. Nosso relacionamento era muito diferente do que foi retratado. Estou envergonhado, mas se o filme é divertido e interessante, todo o melhor", desejou Wozniak. O longa protagonizado por Kutcher chegará aos cinemas americanos em 19 abril pelas mãos da Open Road Films. O filme será exibido na noite de encerramento do Festival de Cinema Independente de Sundance, neste domingo (27).

A história do filme se centra na etapa inicial de Jobs como empreendedor e abrangerá desde o ano 1971 até o ano 2000. A maior parte foi rodada na garagem de Palo Alto (Califórnia), onde o falecido empresário criou o Apple I, que não era mais do que um teclado com um processador conectado a um monitor.




Enviado via iPad

Comentários

Postagens mais visitadas