Senado dos EUA Votará sobre Muro Fronteiriço no final da Semana

Fedeu de novo!
Tô dizendo, a coisa tá preta.
É, o mundo dá voltas e mais voltas e a história sempre se repete.
Tenham medo, crianças!
O bicho-papão tá a solta!

Washington, 26 set (EFE).- O Senado dos Estados Unidos votará no final dessa semana sobre a construção de um duplo muro de mais de 1.120 quilômetros de comprimento na fronteira com o México, como parte da luta contra a imigração ilegal.

Fontes legislativas disseram hoje que a antecipação da votação no Senado sobre os interrogatórios aos estrangeiros suspeitos de terrorismo obrigou a adiar a votação sobre o muro.

Trata-se da última semana de votações no Congresso americano antes das eleições legislativas de 7 de novembro.

A "lei do muro", já aprovada em 14 de setembro pela Câmara dos Representantes, mantém os republicanos divididos.

De um lado estão os que insistem em medidas punitivas contra os imigrantes ilegais e, do outro, os que apóiam uma reforma migratória integral.

A votação do Senado será em particular sobre a construção de um duplo muro de mais de 1.126 quilômetros de comprimento em vários trechos dos estados fronteiriços com o México, cujo custo aproximado será de pelo menos US$ 2 bilhões.

A medida, semelhante à aprovada pela Câmara dos Representantes em dezembro, estipula o uso de alta tecnologia militar para melhorar a vigilância na fronteira.

Além do muro, seria estabelecida uma barreira "virtual" na qual haveria veículos aéreos não tripulados (UAV, em inglês), helicópteros, lanchas motorizadas, cães adestrados, barreiras, luzes de alta potência, equipamentos infravermelhos e de comunicação.

Os agentes da Polícia de Fronteiras teriam mais autoridade para deter e imobilizar veículos que fugissem, porque atualmente podem apenas colocar barricadas.

A vigilância seria reforçada nas zonas fronteiriças da Califórnia, Arizona, Novo México e Texas.

Não está prevista a construção de um muro na fronteira com o Canadá, mas recomendou-se o estudo.

Fonte: G1

Comentários

Postagens mais visitadas