Here Comes the Winter [Aleluia!]

Ahhh... finalmente o inverno dá as caras em Porto Alegre. Como é bom um cafezinho quente! Nada de ventiladores. Nada daquele sol miserável fritador de miolos. Não aguentava mais aquele calor insuportável. Tá, eu exagerei na foto. É a saudade! :P

Eu vi neve prá valer uma vez em Gramado. Foi durante a Copa do Mundo de 94.
No dia do jogo contra a Holanda. A gente deu uma sorte danada. O guia da excursão disse que não nevava assim há 10 anos. Quatro graus abaixo de zero. O brabo é enfrentar esse frio todo sem estar com uma roupa adequada. Eu acho que Gramado não me ama, ou me adora, sei lá...rs, porque outra vez em pleno dezembro fez dez graus em pleno verão! Mas voltando à aquele lindo dia de inverno de 94, frio mesmo a gente sentiu na aqui em POA onde estava 'apenas' zero graus. Foi aqui que quebrei a cara...rs
Única vez na vida que tive uma crise de amigdalite. Fiquei um mes inteiro com dores. Mas valeu a pena e como! Foi um dos passeios mais legais que já fiz na minha vida. Conhecemos uma moça maravilhosa na excursão que acreditem, por uma incrível coinscidência cósmica, era holandesa!!!! Já virão, né? rs Um amor de pessoa! Médica, educadíssima. Falando fluentemente português [que ela aprendeu em apenas três meses aqui]. Ficamos amigas como se nos conhecessemos há anos. É óbvio que eu torturei a coitada, afinal ela era holandesa e o Brasil disputava um lugarzinho na semi justamente com a Holanda! Ela não se importava, mas confesso que sinto vergonha até hoje. A guria não merecia. Maldito futebol...rs Acaba com nosso bom senso e educação. Sorte nossa que não acabou com a dela.

Um dos momentos mais lindos da excursão foi na volta, durante o jogo. Todo mundo ouvindo a narração dentro do bus e totalmente angustiados. Daí um menininho [pequeno mesmo] com mais educação que muito adulto perguntou para a nossa ilustre companheira européia como era o hino da Holanda. Ela não entendeu o que era 'hino'. Então eu disse prá ela que era a 'música do país, da Holanda'. Ai ela sacou. Ficou com olhos brilhando. Sabem aquele olhar misto de orgulho e saudade quando a gente tá longe da terrinha da gente? Pois é, esse olhar mesmo. Com o garotinho nos braços começou a cantar o hino com um orgulho que dava gosto. Ninguém criticou. Ninguém reclamou. Mesmo sendo o 'inimigo'. Todo mundo encantado, principalmente o tal menino que não tirava os olhos dela. Foi lindo mesmo! A cada gol da Holanda ela pulava de alegria e a gente vaiava. ..rs Mas tudo na mais santa paz de deus. Ainda em Gramado eu lembro de ter visto ela parada, olhando para a paisagem com aquele ar contemplativo e um tanto investigativo. Me aproximei e perguntei o que era. Ela respondeu "- Estranho". "- O que é estranho?", perguntei. "- A vegetação tropical coberta de neve". E ficamos as duas paradas olhando para as árvores. Eu lembro de ter dito que quando voltasse não iriam acreditar que ela tinha visto neve no Brasil. Ela disse "- Não vão mesmo!" e riu.
Olha a bandeirinha brazuca tremulando!
Não sei de onde o pessoal tirou essa bandeira...rs

Isso foi no final da tarde. Ainda tava nevando, mas bem menos. Já tava derretendo. Legal foi na parte da manhã. A gente fez boneco de neve, guerra de bolas de neve, tudo a que tínhamos direito. E aqui um aviso para o pessoal que vai vir prá cá no inverno ou qualquer lugar onde tenha neve. Primeiro, se agasalhe bastante. É frio. Quando está nevando nem tanto, mas quando pára, vixê!
Segundo, JAMAIS PEGUE A NEVE SEM LUVAS senão quiser ficar maneta. É muito perigoso. Terceiro, guerra de bola de neve dói. Cuidado com áreas mais delicadas principalmente o rosto.
Quarto, use calçados adequados. Meu tênis novinho ficou todo riscado e cortado por causa do gelo. Quando a gente pisa no chão, o gelo quebra e ele é tão afiado quanto faca. E use meias bem grossas. De preferência de lã. Assim como as mãos, seus pés podem congelar sem você perceber e ai, meu amigo, você vai ter um problemão! Portanto, cuidado! ;)

Pena que agora sejam tão poucos dias de inverno. :(
Costumo dizer a gente não tem mais inverno. Temos verão escaldante o ano inteiro e alguns dias de inverno. Quando eu era criança era bem diferente. Porto Alegre aqueceu demais nesses últimos trinta anos. Assustadoramente. O verão sempre foi quente. Mas tínhamos inverno e ele era muito rigoroso [mesmo]. Agora é brincadeira de criança. O sol não judiava da pele como hoje.
Não existiam protetores solares, acreditam? Apenas bronzeadores. Eu andava o dia inteiro prá cá e prá lá na minha bike e jamais fiquei queimada. Hoje eu ando de bike sempre de protetor solar fator 15 prá cima! E depois tem gente que ainda acha que o aquecimento global é 'invenção' da mídia.

Postagens mais visitadas