'Donatella' Chamando Mestre Splinter!!!

Mestre... seguinte.
O Ivan Zukauskas [Astaroth] tá querendo falar com você, criatura! rs
Ele me enviou um e-mail [eu quase cai dura quando recebi] agradecendo pelos nossos comentários. Avisei lá no Agora mas achei melhor falar sobre isso aqui também. Me manda o seu e-mail que eu passo para ele. :D

Muito legal. Ele disse que não ia conseguir dormir por causa da emoção depois que leu o que a gente escreveu. Eu é que quase não consigo dormir...rs

Cara, eles não imaginam o quanto foram importantes e quanto o pessoal gosta deles. Eu recebi um e-mail de um cara da alemanha perguntando se eu tinha contato com a banda. Vou passar para o Ivan. :D

Eu adoraria ver um 'revival' dessa banda nem que fosse um único show. Eu nunca assisti o Astaroth ao vivo. :(

Comentários

  1. Pôxa, moça, que eu digo numa hora dessas? Apenas que me faltam las palabras...Misteriosos caminhos esses do underground...

    ...abri o blog há pouco, e como tradicionalmente faço, fui conferir as mensagens...li algumas vezes até meu cerebrozinho mole admitir que aquelas palavras diziam mesmo aquilo que estava escrito...

    ...e pensava eu justamente naquela velha vaidade blogueira, cruel e inevitável:-carajo, tempo e disposição tu perdes campeando informações, capas de discos, os próprios, p'ra depois ficar pensando(em vista dos escaços comentários) em qüantas pessoas vão ao menos se dar ao trabalho de ler o teu post!...Sempre me consolei, e a outros ''brothers in arms'', hehehe, dizendo que uma opinião já seria suficiente p'ra comprovar que o trabalho valeu a pena, e que a idéia foi passada adiante...

    ...E uma notícia como a de hoje só nos enche mesmo de satisfação, permita-me sentir assim, por favor!

    Também nunca assisti o Astaroth. Um revival seria bem mais que merecido, pois assim como não se fazem mais Pink Floyd's, Uriah Heep's e Iron Maiden's, também nunca houve nem haverá outro Astaroth...E as pessoas merecem escutar essas canções...

    O álbum inteiro deles eu só ouvi agora, baixando e, como eu escrevi no post, eu os ouvia qüando rolava no Elétricaótica da Kátia Suman, e ficava extasiado...uma banda de Heavy Metal, cantando letras boas em português, com um nome desses e ainda gaúcha! Tenho um amigo(que não está mais entre a gente) que foi à um show, mas não gostava de Metal, parece que foi acompanhando uma guria...ele dizia:-Bá, Astaroth, aquela gitarra rasgando, e só um gritêro!...eu pensava:-Uau, deve ser um puta show! Hehehe, saudades, Leandro...

    Viu, só? Essas coisas tem a mania de ficar trazendo no bojo recuerdos e mais recuerdos...

    Até o momento, não recebi nada do Ivan, mas se puderes manda p'ra ele os meus contatos:

    agoraerock@gmail.com

    Este é o e-mail do blog...estou te passando um com meu msn e e-mail pessoal...

    Sabe, outra neura da gente é essa coisa:-que pensaria o criador de um trabalho ao vê-lo estampado numa página como a nossa? Seria indiferente ou ficaria brabo? Iria querer nos...processar??
    Essa notícia que nos deste não tem paralelo...

    Muchas gracias, guria! E gracias ao Ivan, e ao Astaroth por ter existido e possibilitar tantos encontros e convergências...o legado de um grande trabalho que perdura até hoje, e que não deixaremos que se perca jamais!!!

    Fuerte abrazo!!!

    ResponderExcluir
  2. Pôxa, moça, que eu digo numa hora dessas? Apenas que me faltam las palabras...Misteriosos caminhos esses do underground...

    ...abri o blog há pouco, e como tradicionalmente faço, fui conferir as mensagens...li algumas vezes até meu cerebrozinho mole admitir que aquelas palavras diziam mesmo aquilo que estava escrito...

    ...e pensava eu justamente naquela velha vaidade blogueira, cruel e inevitável:-carajo, tempo e disposição tu perdes campeando informações, capas de discos, os próprios, p'ra depois ficar pensando(em vista dos escaços comentários) em qüantas pessoas vão ao menos se dar ao trabalho de ler o teu post!...Sempre me consolei, e a outros ''brothers in arms'', hehehe, dizendo que uma opinião já seria suficiente p'ra comprovar que o trabalho valeu a pena, e que a idéia foi passada adiante...

    ...E uma notícia como a de hoje só nos enche mesmo de satisfação, permita-me sentir assim, por favor!

    Também nunca assisti o Astaroth. Um revival seria bem mais que merecido, pois assim como não se fazem mais Pink Floyd's, Uriah Heep's e Iron Maiden's, também nunca houve nem haverá outro Astaroth...E as pessoas merecem escutar essas canções...

    O álbum inteiro deles eu só ouvi agora, baixando e, como eu escrevi no post, eu os ouvia qüando rolava no Elétricaótica da Kátia Suman, e ficava extasiado...uma banda de Heavy Metal, cantando letras boas em português, com um nome desses e ainda gaúcha! Tenho um amigo(que não está mais entre a gente) que foi à um show, mas não gostava de Metal, parece que foi acompanhando uma guria...ele dizia:-Bá, Astaroth, aquela gitarra rasgando, e só um gritêro!...eu pensava:-Uau, deve ser um puta show! Hehehe, saudades, Leandro...

    Viu, só? Essas coisas tem a mania de ficar trazendo no bojo recuerdos e mais recuerdos...

    Até o momento, não recebi nada do Ivan, mas se puderes manda p'ra ele os meus contatos:

    agoraerock@gmail.com

    Este é o e-mail do blog...estou te passando um com meu msn e e-mail pessoal...

    Sabe, outra neura da gente é essa coisa:-que pensaria o criador de um trabalho ao vê-lo estampado numa página como a nossa? Seria indiferente ou ficaria brabo? Iria querer nos...processar??
    Essa notícia que nos deste não tem paralelo...

    Muchas gracias, guria! E gracias ao Ivan, e ao Astaroth por ter existido e possibilitar tantos encontros e convergências...o legado de um grande trabalho que perdura até hoje, e que não deixaremos que se perca jamais!!!

    Fuerte abrazo!!!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas