Morre Patrick McGoohan, ator e criador da série 'O Prisioneiro'

O ator Patrick McGoohan, que ficou famoso na década de 60 com a série de televisão britânica Agent Secret, que inspirou a música de Bob Dylan, e se tornou um personagem cult como o 'Número Seis' da série O Prisioneiro, morreu em Los Angeles aos 80 anos, informou seu agente, o ator Shrif Ali. Apesar da série O Prisioneiro ter durado apenas 17 episódios, conquistou fãs entre telespectadores de todo o mundo, já que foi exibida em 61 países, inclusive o Brasil. McGoohan era, naquele tempo, um dos atores mais bem pagos da televisão.
McGoohan morreu na terça, 13, após uma breve enfermidade, disse o produtor de cinema Cleve Landsberg. Ele ganhou dois prêmios Emmy por sua participação na série dramática Columbo, de Peter Falk, e mais recentemente apareceu como o rei Edward Longshanks no filme de 1995 de Mel Gibson Coração Valente.
Mas seu papel mais famoso foi mesmo o de 'Número Seis' em O Prisioneiro, uma série britânica que combinava o gênero policial com ficção científica, em que um ex-espião era mantido prisioneiro em um local conhecido como A Vila, um povoado de nome genérico, onde uma misteriosa autoridade chamada Número Um, que ninguém jamais via, impedia constantemente que ele escapasse.
O personagem era submetido a uma série de experiências singulares e psicológicas, como um complicado jogo de xadrez mental, até o episódio final, onde a surpresa se multiplicava e em vez de uma resposta fácil, propunha uma questão ainda mais complicada.
McGoohan propôs a idéia, escreveu e dirigiu vários episódios da série, que durante décadas teve aficcionados nos Estados Unidos e Europa. Sua criação "deixou uma marca indelével nos gêneros de ficção científica, fantasia e suspense, ao criar um dos personagems mais icônicos de todos os tempos", disse AMC em um declaração nesta quarta, 15. A rede de televisão anunciou a exibição dos episódios este ano, como uma "homenagem ao seu legado".

Nascido em Nova York, em 19 de marco de 1928, McGoohan se criou na Inglaterra e Irlanda, para onde sua familia se mudou pouco depois de seu nascimento. Trabalhou em teatro antes de ingressar na televisão e ganhou um prêmio dos Críticos de Drama de Londres como protagonista da obra de Henrik Ibsen Brand. Casou-se com a atriz de teatro Joan Drummond en 1951. Sua filha mais velha, Catherine, tambiém é atriz.

Seu primeiro trabalho na TV foi em 1969 na série Danger Man, um programa de espiões mais tradicional que inicialmente durou apenas uma temporada. Cansado de interpretar o personagem principal de John Drake, apresentou aos produtores a surrealista e cerebral série O Prisioneiro como um papel para ele mesmo. A série foi transmitida em curta temporada em 1967, mas seu impacto cultural permanece. McGoohan deixa sua esposa e três filhas.

0 komentar: