Vulcão chileno prejudica voos no Brasil

‘Meda!’ …. Ainda mais que tá chovendo aqui. Tempinho ‘bão!” Mas, se for como da outra vez, não há nada a temer. Só o pó nas ruas.

Image634430319779769635Uma nuvem de cinzas marrom da cadeia vulcão Puyehue se eleva acima das nuvens nesta imagem capturada por satélite logo após uma erupção, no último sábado (4); voos no Brasil foram cancelados por conta das cinzas

A erupção do vulcão Puyehue, no Chile, começa a causar reflexos no trafego aéreo brasileiro. Ainda nesta segunda-feira (6), de acordo com informações da Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), duas empresas aéreas cancelaram voos que tinham como destino Porto Alegre nesta terça-feira (7).

A TAM também emitiu nota informando o cancelamento de pelo menos quatro vôos para hoje, enquanto os voos da Gol entre Florianópolis (SC) e a Argentina foram suspensos da mesma forma.

As viagens pela TAM tinham como origem Buenos Aires, na Argentina, e Montevidéu, no Uruguai, com o destino final São Paulo e Rio de Janeiro. Ontem, outros quatro voos que deveriam sair do Brasil a Montevidéo e Buenos Aires já haviam sido suspensos pela empresa.

Já a Taca cancelou a viagem de Lima, no Peru, com destino a Porto Alegre. Dessa forma, a decolagem posterior também foi cancelada.

A Gol, responsável por realizar um voo originário de Córdoba, na Argentina, em direção à capital gaúcha, também cancelou sua chegada programada para às 7h30. Outro voo de Buenos Aires com chegada a Porto Alegre programada para às 9h desta terça sofreu cancelamento.

No aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, o voo da Gol de Buenos Aires programado para aterrisar às 10h40 foi suspenso, bem como a saída na madrugada do avião da capital catarinense à Argentina, programada para às 4h20 de hoje.

Previsão diz que cinzas podem alcançar RS ainda hoje

A MetSul Meteorologia, que monitora em tempo real desde o início a erupção no último sábado (4) do complexo vulcânico Puyehue-Cordón Caulle, na fronteira com Chile com a Argentina, emitiu comunicado no começo da manhã desta terça-feira informando que a nuvem de cinzas vulcânicas chegou ao sul da Bolívia, oeste do Paraguai, sul do Uruguai e à área da cidade de Buenos Aires na madrugada desta terça.

Conforme o meteorologistas Luiz Fernando Nachtigall, da MetSul, as cinzas estão cada vez mais próximas do Rio Grande do Sul e podem alcançar a metade oeste do Estado já nesta terça-feira.

- A pluma de cinzas agora está contornando o norte da Argentina devido à circulação de ventos em altos níveis da atmosfera associada a um centro de baixa pressão que avança para o Rio Grande do Sul.

Segundo o especialista, é muito provável que as cinzas vulcânicas na atmosfera comecem a ingressar no Estado nas próximas 24 a 36 horas, mas, especialmente, durante a quarta-feira (8), quando haverá a entrada de ar frio a partir da circulação de vento no norte argentino.

- Quanto mais longe da erupção, e estamos muito distantes do vulcão, é menor a possibilidade de precipitação de cinzas.

Em muitos locais do centro da Argentina, a presença da nuvem vulcânica foi percebida apenas pelo tom mais cinza e alaranjado do céu. A possibilidade de precipitação, contudo, não pode ser descartada, em especial se houver interação entre as cinzas e nuvens cujos topos atingem altitudes mais altas.

Recomendação aos passageiros

A MetSul recomenda aos passageiros com voos saindo de Porto Alegre com destino a Buenos Aires (Ezeiza e Aeroparque), outras cidades Argentinas (Córdoba e Rosário) e Montevidéu (Carrasco) pelas empresas TAM, Gol e BQB que busquem informações juntos às companhias sobre possíveis cancelamentos para as capitais argentinas.

A TAM, Gol, United Airlines, American, Delta, Taca, Aerolíneas Argentinas e Austral já anunciaram cancelamentos de voos domésticos e internacionais partindo de Ezeiza e Carrasco, afetando rotas para Porto Alegre.

R7

Comentários

  1. Entrei no site de câmeras de Bariloche, como ainda são 04:12h (aqui são 10:30h) estava escuro, não pude ver quase nada. Tô preocupado, vou falar com meu agente de viagens e ver o que acontece se o Puyehue continuar neste ritmo. Interessante é pensar: se eu sair de POA às 10:00h leva cerca de 3 horas de vôo e mesmo assim chegamos a Bariloche por volta das 07:00h.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas