John Carter: diretor fala sobre cenas refilmadas

Image634541729283864930John Carter, a adaptação da Disney de Us$ 300 milhões da obra A Princesa de Marte, de Edgar Rice Burroughs, anda tendo sua quota de problemas. O diretor Andrew Stanton revelou que, no último mês de abril, 18 dias foram gastos em refilmagens de determinadas cenas. A primeira montagem do filme, com quase três horas de duração, foi exibida em dezembro de 2010 para várias pessoas na Pixar, que criticaram determinadas sequências (como a inicial, onde eram explicados detalhes da guerra em Marte) e a falta do toque pessoal presente nos outros filmes de Stanton, como as animações Procurando Nemo e Wall-E

. Assim, entre outras mudanças, agora o filme já começa com uma batalha entre Zodangans e Therns, antes de passar para a Terra na época da Guerra Civil norte-americana, onde pela primeira vez encontraremos John Carter (Taylor Kitsch). Uma segunda exibição, agora com o filme tendo pouco mais de duas horas, aconteceu em julho em Portland, quando 75% dos presentes o consideraram de excelente a muito bom. Isso, contudo, ainda não tira as preocupações da Disney: sem grandes nomes no elenco (os mais conhecidos apenas dublam personagens CGI) e baseado em uma obra hoje praticamente desconhecida do público jovem, o filme terá de render pelo menos Us$ $700 milhões na bilheteria mundial para compensar seus custos com produção e divulgação, dar lucro e justificar uma continuação.

SCI FI do Brasil

Comentários

Postagens mais visitadas