Sinclair ZX Spectrum Game Clip



Belo clip com vários jogos do bom e velho ZX Spectrum. A música é um remix do tema do jogo Cobra. São sons reais do Spectrum. E ficou muito legal!!!!
Meu irmão vai lembrar e se emocionar com certeza...rs
O primeiro computador a gente jamais esquece.
Esse é o meu 'garoto'. O meu 'pequeno' notável. :D
Ainda tenho o baixinho aqui em casa. Um TK-90X com caneta óptica, na caixa e com manual. Completo. Da última vez que eu testei, ele não funcionou. Mas o problema talvez seja a TV. Nem ele nem eu nos acertamos com tvs modernas...rs

Nele aprendi os conceitos básicos da computação e da programação.
Meros 48k de memória mas que faziam miséria. Passar horas e mais horas digitando comandos e mais comandos para fazer uma simples bolinha saltar na tela era trabalhoso é verdade, mas muito divertido. Você se sentia realizado. Estava criando algo seu! Sempre gostei de criar meus próprios 'games'. O primeiro foi em um TK-82C de um amigo meu com apenas 2k de memória. Eu criei um 'adventure' de texto nele. O Spectrum era muito mais computador. Dava prá se criar praticamente tudo. Ai me aventurei a criar coisas mais malucas. Fiz um jogo de carros a-lá Speed Racer, lembram? Jogos primitivos de labirinto, gráficos, muitas brincadeiras psicodélicas e desenhos no tatatataravô do Photo...rs Até sintetizador de voz dava prá fazer. Muito, muito antes do mp3. Eu e o meu irmão quase morremos digitando uma tarde inteira prá fazer um...rs A imaginação era o limite. Naquele tempo não havia distinção entre usuário e programador. O usuário tinha que ser um programador. Isso para o desenvolvimento do intelecto era o must. E eu agradeço aos deuses por terem me proporcionado esse aprendizado.

Lembro do meu choque quando descobri o que um PC era. Meu irmão começou a fazer um curso de computação e eu fiquei toda empolgada em saber como um PC era. Afinal, se o meu baixinho podia fazer tudo que fazia, um PC deveria ser um 'deus'...rs

Que nada! Que decepção. Quase cai dura quando meu irmão disse que o PC era uma casca vazia. Que toda a vez que você ligava o micro tinha que carregar o tal do 'sistema operacional'. Coisa que não existia nos micros dos anos 80. Eles funcionavam como videogames. Só ligar e automaticamente estavam prontos para a ação.

Eu achei aquilo muito estranho. Mas o pior veio depois, com o tal do Windows 3.11. Ai a coisa desandou de vez...rs O motivo? O tal do 'usuário'. Descobri que você simplesmente não podia programar nada no computador!!! Ou seja você estava completamente preso ao tal Windows. Ai sim, entrei em depressão! Prá que serviria um micro assim? Era um prisão virtual. Terrível.

Bom, aí veio a internet, e tudo mudou.
Mas eu ainda tenho a mania de criar as minhas próprias coisas....rs
Benditos anos 80! :)

PS: Esqueci um detalhe. Ali no clip aparece a música como sendo do Arkanoid. Não é o Arkanoid do Spectrum. É do Commodore 64. Acontece que o jogo para o C64 'roubou' a música do Cobra, essa sim do Spectrum.

Comentários

  1. Massa!!! Deus salve a Rainha, Sir Clive Sinclair e o TK90X! Um mundo de emoção em 48 Kbytes de RAM!!! Os criadores de games dos anos 80 eram programadores com P maíusculo. Tempos saudosos, quando uma Microsoft corria atrás duma Apple, Sinclair e outras. Quando o usuário era convidado a saber os "porquês" e aproveitava até a TV e o gravadorzinho como hardware!
    Valeu!

    ResponderExcluir
  2. Muito joguei num TK90X ,era fascinante os gráficos e a engine dos games desse pequeno grande notável ,ontem mesmo estava a comentar sobre esse pc de tempos remotos ,lembro que o armazenamento de dados era feito em fitas K7 ,era uma luta para fazer carregar um jogo, quando não dava erro ,mas brilhava os olhos ao ver um jogo como Jakal,Top Gun,Batman,Rastan e outros tantos que não me vem à memória,não era só muito legal jogar ,mas ter a capacidade de interagir com uma máquina tão complexa naqueles tempos de descobertas incríveis daquela era da informática

    ResponderExcluir
  3. Já aconteceu de não ter terminado a digitação, já quase no final, antes de poder gravar na fita cassete (sim, nada de disquetes!), e a energia cair, ou desligar da tomada???? E quanto a gravação não ficava boa e só digitando novamente? Bons tempos aqueles!!!

    ResponderExcluir
  4. ahahah... como o Jeff ai disse... bons tempos aqueles q vc ficava digitando um montão e no final acabava perdendo... rs... Tenho o meu guardadinho aqui... e foi divertido mostrar para meu filho q riu muito qdo contei como funcionava....

    ResponderExcluir
  5. Júlio César8/09/2007 2:17 PM

    Também tive um Tk90-x e fiquei com pena de não ter visto no vídeo alguns jogos que eu tinha, como: Sabotador, android 2, barbarian, stalone cobra e outros, mas é sempre bom encontrar um "micreiro", termo usado nas revistas Input e microsistemas da época.
    quanto a sua decepção ao PC, nele vinha um programa chamado qbasic que emulava o basic que agente usava antes. Atualmente existem alguns emuladores que dão pra matar a saudade.

    ResponderExcluir
  6. Barbarian era tri. Adorava a decapitação...rs
    Spy Hunter, Robocop, Arkanoid, Batman, Afterburner, Out Run, Xevious. Eram tantos! :D

    ResponderExcluir
  7. Melhor clone de Arkanoid de sempre!!!
    Milhões de níveis diferentes!
    Centenas de missões!
    Completamente grátis!
    Regista-te já!!!

    ResponderExcluir
  8. Melhor clone de Arkanoid de sempre!!!
    Milhões de níveis diferentes!
    Centenas de missões!
    Completamente grátis!
    Regista-te já!!!

    ResponderExcluir
  9. Júlio César4/20/2011 9:54 AM

    Também tive um Tk90-x e fiquei com pena de não ter visto no vídeo alguns jogos que eu tinha, como: Sabotador, android 2, barbarian, stalone cobra e outros, mas é sempre bom encontrar um "micreiro", termo usado nas revistas Input e microsistemas da época.
    quanto a sua decepção ao PC, nele vinha um programa chamado qbasic que emulava o basic que agente usava antes. Atualmente existem alguns emuladores que dão pra matar a saudade.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas