30 de março de 2010

Star Trek ganha o Empire Award como melhor filme | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português


Star Trek ganha o Empire Award como melhor filme | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português

25 de março de 2010

Leonardo Da Vinci (Part 1 of 18)

Riddle of the Sphinx (Part 1 of 5)

17 de março de 2010

Fã-clube FFESP lança revista online | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português

Fã-clube FFESP lança revista online | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português

Guns n' Roses - Live at Porto Alegre 2010 - Sweet Child O' Mine

Porto Alegre vira a noite para ver Guns N' Roses (Larissa de Oliveira) | Volume

É difícil resenhar o último show da turnê brasileira de Chinese Democracy. Todo mundo já sabe das inúmeras trocas de figurino na apresentação, as pirotecnias do palco, ou mesmo está cansado de ouvir que o Axl 2010 já não é mais o vocalista sexy de outrora, e que seu rebolado já não tem mais aquela ginga. Mas, neste caso, resenhar o show desta terça-feira, 16 de março, é sobretudo resenhar o primeiro show do Guns N’ Roses em Porto Alegre. E aí a coisa muda de figura.

Mas vamos começar do princípio. O show atrasou assim como os anteriores realizados no país. E Tequila Baby, como mencionado no post anteiror, não tocou mesmo. Às 23h40min, a Rosa Tatooada subiu ao palco para avisar - sob vaias e palavrões do público - que há 20 minutos achava que nem ela, nem a Tequila, iriam tocar, mas que faziam questão de estar ali e representar o rock gaúcho. Seguiram-se 15 minutos de hostilidade e objetos jogados no palco até a platéia se solidarizar na terceira e última música, quando uma bandeira do Rio Grande do Sul foi puxada pelo vocalista.

Grata surpresa foi o show de Sebastian Bach que – no melhor estilo headbager - não só domou os fãs enfurecidos como conseguiu que gritassem repetidas vezes o seu nome. Com a cabeleira loira esvoaçando e o microfone girando loucamente, o ex-Skid Row bradou versos simpáticos de desculpas pelo atraso, um papo sobre os equipamentos terem sidos destruídos no Rio de Janeiro e etc (tudo em português).



Em resumo, o Bastião – como ouvi ser chamado por alguns fãs engraçadinhos – preparou muito bem o palco para Mr. Rose chegar. Era 1h50min quando, cheio das pirotecnias já mencionadas, o Guns N’ Roses entrou em cena. A banda pediu desculpas a POA pelo atraso via twitter:



Definitivamente, um fã do Guns precisa de “just a little patience”. Mas quem espera quase 15 anos pelo lançamento de um álbum (Chinese Democracy) espera algumas horas a mais para ouvir os clássicos que embalaram suas vidas. A prova é que a platéia foi à loucura já nos primeiros acordes da canção homônima.

O Axl que veio a Porto Alegre parecia ser um Axl mais tranqüilo do que aquele que excursionou por Brasília, Belo Horizonte e São Paulo. Não xingou ninguém nem reclamou de muita coisa. Só do chão que ainda estava um pouco molhado do suor do Bastião. Resultado: tocou quase todo o show com toalhas espalhadas pelo palco e gente dando uma ou outra secadinha aqui e ali.



Mesmo assim, o show seguiu até o fim de maneira empolgante, emocionada e cheia de vigor. Não podia ser diferente para quem tem uma carreira recheada de clássico. Só quem hibernou os últimos 20 anos nunca ouviu os acordes de Sweet Child O’mine.

Sinceramente, não sei dizer se a formação clássica do Guns faz falta. Eu, por exemplo, só a vi em vídeos de shows no youtube e em clipes da MTV. Brincadeira! Tem, sim, muita gente que sente falta do Slash. E, tanto ele faz falta, que o DJ Ashba não dá conta sozinho dos solos inventados pelo cara. É um revezamento só para suprir a falta do músico no grupo.

As pessoas estavam ali mesmo era para ver o Axl! Confesso que não identifiquei muitos fãs do Slash à primeira vista, mas com certeza vi milhares de fãs do vocalista (de bandana e tudo). Curioso é que ele ainda provoca delírios por ser simplesmente... Axl Rose. É por ele que os fãs ficaram horas na fila, aceitaram trocar suas cadeiras no Gigantinho por uma arquibancada de madeira na Fiergs, subiram nas instalações dos banheiros para ver melhor o show (retirados dali sem muita demora), passaram mal na platéia ou sofreram de outros dramas típicos de grandes aglomerações.

Axl continua sendo um grande frontman, que provoca emoção tantos nos momentos mais intimistas do show (November Rain é de chorar) quanto nos cheios de peso. Depois do bis, ele ainda tentou ser simpático com a platéia. Chamou uma menina que estava de aniversário para subir no palco, mas, em uma tentativa frustada de diálogo com quem estava na primeira fila VIP, o cantor não obteve ajuda na tradução e ficou bem irritadinho. No fim, fez a galera cantar um Happy Birthday e acabou tendo o rosto todo beijado pela aniversariante. Ainda assim saiu jogando microfone e mais do que irritado com a falta de um tradutor. Mostrou ainda ser o bom e velho Axl.

Porto Alegre vira a noite para ver Guns N' Roses (Larissa de Oliveira) | Volume

Sebastian Bach (Ex SkidRow) - 18 And Life / Porto Alegre - RS ..16/03/2010

Deu para ouvir daqui em casa! Impressive.

11 de março de 2010

Agência Senado - 10/03/2010 - Projeto que regulamenta profissão de historiador é aprovado na CAS

Agência Senado - 10/03/2010 - Projeto que regulamenta profissão de historiador é aprovado na CAS

Até que enfim!

10 de março de 2010

Morre Corey Haim, ator de 'Os garotos perdidos’


G1 > Cinema - NOTÍCIAS - Morre Corey Haim, ator de 'Os garotos perdidos’

Star Trek leva Oscar de Melhor Maquiagem | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português


Star Trek leva Oscar de Melhor Maquiagem | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português
Dia histórico.
Levamos nosso primeiro Oscar.
Que venham muitos outros no futuro. ;)

http://www.omelete.com.br/cine/100025640/Assista_ao_trailer_de_Tron_Legacy.aspx


http://www.omelete.com.br/cine/100025640/Assista_ao_trailer_de_Tron_Legacy.aspx

Segura coração!
Esse vem com tudo.
Adoro Tron. Filme muito injustiçado.
Anos luz adiante de seu tempo.

3 de março de 2010

Os Anos de Glória do Antigo Egito (1/6)

Bom doc.

O Efeito Nostradamus - parte 1

Grandes Eventos da Natureza: Great Migration (Parte1de6).

Revista Galileu - NOTÍCIAS - Pesquisadores criam sistema de touchscreen na pele



Revista Galileu - NOTÍCIAS - Pesquisadores criam sistema de touchscreen na pele

Grupo descobre templo asteca debaixo de estacionamento no México



Um templo dedicado a Ehecatl (Deus do vento), parte da área sagrada da cidade asteca de Tenochtitlan - e onde podem ter sido realizados sacrifícios humanos -, foi encontrado debaixo de um estacionamento no centro histórico da capital mexicana.

Arqueólogos mexicanos fizeram a descoberta em dezembro passado na extinta cidade pré-hispânica, quando examinavam um prédio que até semanas atrás era o estacionamento de um hotel e onde os proprietários queriam fazer obras de ampliação.
Número 16 da Rua da Guatemala mistura pedras da construção do templo asteca, vestígios de um edifício colonial erguido no século 16 que veio abaixo no terremoto de 1985 e materiais de edifício que abrigava um estacionamento

"É uma das descobertas mais importantes dos últimos anos", disse à AFP Raúl Barrera, diretor do Programa de Arqueologia Urbana do Museu do Templo Maior (centro religioso de Tenochtitlán) e chefe das escavações.

Atrás de um antigo portão de madeira verde, em uma movimentada rua da capital mexicana, um trator trabalhava abrindo um buraco no qual uma dezena de especialistas deixaram descoberta a parte traseira da estrutura circular, construída entre 1486 e 1512.

Semanas antes da descoberta, apenas um seleto grupo de pessoas teve acesso aos restos já descobertos de dois pilares superiores do templo, um deles quase intacto, assim como a base circular no centro da pirâmide, sobre a qual originalmente se erguia uma estrutura em forma cilíndrica.

De acordo com as referências históricas, o templo construído para adorar Ehecatl tinha 14 metros de diâmetro, um teto cônico de palha e uma entrada em forma de boca de serpente, relacionada ao deus Quetzalcoatl ("serpente emplumada", na língua nahuatl).

No entanto, a parte frontal do templo não poderá voltar à superfície porque se encontra enterrada sob um prédio colonial contíguo que atualmente sedia o centro cultural Espanha, considerado patrimônio histórico.

"A forma circular se relaciona com o redemoinho e, na cosmovisão (asteca), é uma alegoria, mas sua forma arredondada permite que o vento circule", acrescentou Barrera.

"As fontes históricas mencionam que nesse edifício eram realizados sacrifícios humanos", mas ainda não foram encontradas ossadas com marcas desta prática ou alguma representação em pintura que o confirme, afirmou Barrera ao visitar os trabalhos arqueológicos.

No número 16 da Rua da Guatemala, onde foi feita a nova descoberta, se misturam pedras da construção do templo asteca, vestígios de um edifício colonial erguido no século 16, que veio abaixo no grande terremoto de 1985, e materiais da construção que abrigou o estacionamento.

"Os restos do jogo de bola (mesoamericano) também estão sepultados na Rua da Guatemala, muito perto daqui, e ao norte estariam os restos do edifício que foi o Calmecac", a escola dos nobres astecas, explicou.

O templo de Ehecatl, relacionado com Tlaloc (Deus da chuva) e a agricultura, bem como o jogo de bola, vinculado à guerra, eram lugares sagrados para os astecas, que fundamentavam sua cultura nessas duas atividades.

O cenário nesse pequeno prédio é uma amostra do que acontece em cerca de 250 mil metros quadrados do centro histórico da capital mexicana, onde convivem diferentes épocas da História, uma sobre a outra, com uma dezena de edificações subterrâneas que formavam o centro sagrado de Tenochtitlan.

2 de março de 2010

Morre Robert McCall, a arte em Star Trek: O Filme | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português


Morre Robert McCall, a arte em Star Trek: O Filme | Trek Brasilis: A Fonte de Jornada nas Estrelas em Português
Jornada e a exploração do espaço tiveram uma outra perda neste final de semana. O artista Robert McCall faleceu nesta sexta-feira, aos 90 anos, no Arizona (EUA). McCall passou sua carreira com uma visão de futuro não só para a NASA, como também para Hollywood, inclusive tendo pintado quadros para Star Trek: O Filme.

Qasr Al Abid


Qasr Al Abid, originally uploaded by Cybjorg.

Dioniso barbuto

1 de março de 2010

AdNews - Record alfineta Globo na despedida de Vancouver


AdNews - Record alfineta Globo na despedida de Vancouver