28 de fevereiro de 2007

A Que Ponto Pode Chegar a Paixão de um Fã - 02

Que tal decorar sua casa como a Enterprise?

Antes



Depois




Hd Virtuais Recheados de Comics

Vampira [01-06]


Novos Vingadores [01-15]



A Que Ponto Pode Chegar a Paixão de um Fã

Honda Civic tranformado em "X-Wing"
Não faltou nem o R2D2!

Como Seriam Os Simpsons Versão Mangá?

e Futurama?

27 de fevereiro de 2007

Marfim Ameaça Extinguir Elefante Africano

O ser humano não tem jeito mesmo. Esse era um mal que pensei que tinhámos 'superado'. 23 mil elefantes mortos. 23 mil! Isso é uma barbaridade. Nessas horas lembro de um amigo meu, cantor e pianista, que me falou certa vez sobre isso. As teclas do piano dele são de marfim. É um piano antigo. Ele sempre se gabou dele dizendo que as teclas sintéticas não tem a mesma qualidade. Meu ouvido musical não é tão apurado assim, mas não duvido que seja verdade. Só um exemplo para onde vai o marfim dos pobres elefantes.

Biólogo africano lança alerta: comércio ilegal das presas cresceu em fluxo e valor.
Técnica permite traçar origem do marfim pelo DNA, para combater tráfico.

O elefante africano está em vias de extinção, devido ao aumento sem precedentes do comércio de marfim, proibido em 1989 por um tratado internacional, afirma um estudo publicado hoje na revista "Proceedings of the National Academy of Sciences".

Segundo Samuel Wasser, diretor do Centro de Biologia da Conservação da Universidade de Washington, a espécie desaparecerá da face da Terra se os países ocidentais não tomarem medidas mais enérgicas contra o comércio de marfim.

O elefante africano é o mamífero mais pesado e o segundo mais alto do reino animal. Suas presas podem ter dois metros de comprimento e pesar 60 quilos cada uma.

O perigo que ameaça o elefante africano parece ter sido exacerbado pelos preços crescentes do marfim nos mercados internacionais e pelo crescente desenvolvimento econômico chinês.

Em 1989, ano em que a proibição entrou em vigor, o preço de um quilo de marfim era de US$ 100 no mercado negro.

Em 2004, esse preço havia subido para US$ 200, e, no ano passado, a grande demanda fez com que chegasse a US$ 750.

Em seu estudo, o cientista afirma que a diminuição do número de elefantes terá conseqüências graves não apenas para a espécie, mas também para seu habitat.

"Os elefantes são uma espécie importante, e eliminá-la significa alterar o habitat. Isto tem conseqüências para muitas outras espécies", disse.

Wasser afirmou que, entre agosto de 2005 e agosto de 2006, as autoridades africanas apreenderam mais de 23.400 quilos de marfim contrabandeado.

No entanto, segundo adverte o biólogo em seu estudo, sabe-se que os agentes alfandegários conseguem detectar apenas 10% do contrabando.

Portanto, a quantidade real de marfim contrabandeado é de cerca de 234 toneladas.

Isto significa, acrescenta Wassers, que foram mortos mais de 23 mil elefantes, que equivalem a 5% da população africana da espécie.

Segundo o cientista, o recente crescimento da economia chinesa é uma das principais forças do mercado negro de marfim. Isso não apenas provocou uma alta dos preços, mas também impulsionou a participação do crime organizado.

Wassers afirma que a melhor forma de impedir a intervenção das máfias é tomar medidas relativas às fontes do marfim.

"Uma vez que o marfim entra no mercado internacional, seu comércio ilegal é muito difícil de combater", afirmou.

Wassers disse que, junto com outros cientistas da Universidade de Washington, organismos policiais e a Interpol estão colaborando para localizar com precisão a fonte do marfim vendido no mercado negro.

O biólogo afirmou que, em junho de 2002, as autoridades de Cingapura apreenderam 6,5 toneladas de marfim destinadas ao Extremo Oriente. Entre 3 mil e 6.500 elefantes foram sacrificados para que os comerciantes obtivessem essa carga.

Os cientistas examinaram 67 presas dessa carga e, em testes de DNA, determinaram que os elefantes vinham das savanas africanas e não das selvas, provavelmente de uma região do sul da Zâmbia.

Os autores do estudo afirmaram que países pobres, como a Zâmbia, pouco podem fazer para impedir um comércio que foi alimentado pela expansão econômica no Extremo Oriente.

As nações ocidentais devem retomar seus esforços para impedir o comércio ilegal de marfim, com medidas mais enérgicas e uma campanha para convencer a população asiática a não utilizar esse produto.

"Se as pessoas tivessem consciência do que ocorre, ficariam envergonhadas de ser parte desta crise. Nós não queremos desperdiçar tempo nessa perseguição aos criminosos. Queremos impedir que o crime ocorra", disse Wassers.

Fonte: G1

Loja dos EUA Põe à Venda o Cadáver do Chupacabras

Cada uma que se vê...
Chupacabra é exposto na loja de El Paso

Uma estranha loja na badalada cidade de El Paso, na fronteira entre o Texas (Estados Unidos) e Chihuahua (México), está atraindo a curiosidade de turistas e colecionadores.

Expostos em suas vitrines estão o dedo com o qual o revolucionário Pancho Villa puxava o gatilho, uma cabeça humana encolhida, o cadáver do chupacabras, o esqueleto de uma sereia e o coração de um bebê vampiro.

O dono da loja, Larry Baron, não garante que essas esquisitices sejam mesmo o que prometem ser, mas foi assim que ele as comprou. "Esta manhã (19), alguém disse que queria penhorar uma múmia. Eu pedi pra ele trazer para eu dar uma olhada", declarou Baron ao jornal "El Paso Times".

As bizarrices de Larry não são nada baratas. O dedo de Pancho Villa custa US$ 9.500 (cerca de R$ 19.900) e o coração do vampirinho sai por US$ 7.500 (cerca de R$ 15.700).

Ele diz que entre seus clientes estão Steven Tyler, vocalista do Aerosmith, e um dos barbudos da banda ZZ Top, que ficou de comprar a cabeça encolhida por US$ 9.000 dólares (cerca de R$ 18.830).

Fonte: G1

26 de fevereiro de 2007

Revistas Disney

Prá curtir!


Scans by Okidoki

[Vídeos] Os Trapalhões

Que tal relembrar os velhos tempos e rir prá valer? Esse é um arquivo contendo 19 clips antigos [anos 70 e 80] dos hilários quadros do programa dos Trapalhões.. O arquivo tem 200mb mas vale a pena. Não sei quem capturou e lançou na net. Mas seja quem for, obrigado.

(Utilizem o MegaDown para baixar)

Em 1966, a Tv Excelsior resolveu criar um novo programa humorístico. Era o primeiro passo para a criação de um dos maiores sucessos da televisão brasileira. Numa mesma história, quatro tipos bem diferentes: Wanderley Cardoso, o galã; Ivon Cury, o diplomata; Ted boy Marino, o estourado; e Renato Aragão, o palhaço. Eram os adoráveis trapalhões. A fórmula de quatro comediantes havia dado certo e fez com que Renato Aragão se apaixonasse pelo formato. Nos anos seguintes, Renato trabalhou em diversos humorísticos, mas nunca abandonou seu verdadeiro objetivo, sempre procurando por pessoas e coletando idéias.

Em 1975, na Tv Tupi, o sonho se concretiza. E o sucesso é ainda maior. Didi, Dedé, Mussum e Zacarias ficariam eternizados na memória de todos os brasileiros como os trapalhões. Mussum nasceu no dia 7 de abril de 1941, no rio de janeiro. Depois de uma infância muito difícil e nove anos em colégio interno, se formou e recebeu um diploma de ajustador mecânico. Mussum dividia sua carreira militar nas forças armadas com a caravana cultural de música brasileira de carlos machado.além disso, fazia parte do grupo os originais do samba e viajou com eles por quase todo o mundo.

Mauro Faccio Gonçalves, o Zacarias, nasceu em sete lagoas, Minas Gerais, no dia 18 de janeiro de 1934. Tudo começou na rádio cultura de sua cidade natal, onde além de comentarista, fazia parte de grupos de teatro amador. Mesmo convicto de sua vocação artística, Zacarias se mudou para belo horizonte para ingressar na faculdade de arquitetura e para trabalhar em um banco. Mas a paixão pela arte era maior e ele ainda encontrava tempo para trabalhar na Rádio Inconfidência. essa união trouxe frutos surpreendentes. O programa foi para a Rede Globo em 1977.

Os índices de audiência sempre foram os mais altos do horário. E as tardes de domingo nunca foram as mesmas. Nos anos 80, o programa chegou a bater recorde atingindo mais de 60 pontos no ibope contra 12 do segundo colocado. Na década de 90, Os Trapalhões entraram no Guinness como o grupo com mais tempo de tv no mundo. Os trapalhões também invadiram o cinema, batendo recordes de bilheteria com seus mais de 40 filmes. em meio a tanta alegria e amizade, a primeira grande tristeza: em 1990 morre Zacarias. Quatro anos depois, é a vez de Mussum ir fazer graça no céu.

Após o falecimento de Zacarias e Mussum, o grupo foi desfeito, mas durante algum tempo a Globo exibiu reprises de seus programas. Renato Aragão e Dedé Santana, posteriormente voltaram a atuar na TV, porém sem refazer a dupla.

Fonte: Wikipedia/O Mundo Mágico dos Trapalhões

HD Virtual - Revista Veja

Eu disse em um post anterior que não gosto da revista Veja. E não gosto mesmo. Por razões que desconheço ela literalmente adora 'aparecer' na minha frente...rs

Mas em nome da cultura e da democracia aí vai um hd com várias edições inclusive a última (28/02), que é esse aí da imagem para os leitores da revista. Enjoy!

Filters Unlimited v2


Programinha free muito útil para quem usa Photoshop. São 350 filtros para o programa. Muito bom. Testado e aprovado. Ótimo prá criar bordas e outros efeitos legais.

Instalação:
Quando o instalador pedir o diretório (folder) escolha Plug-Ins dentro da pastinha do Photoshop. Por padrão o caminho é esse:
C:\Arquivos de programas\Adobe\Photoshop CS\Plug-Ins
PS: A pasta pode se chamar Plugins em versões mais antigas.

Depois é só abrir o Photoshop, ir em Menu/Filter/I.C.NET Software e brincar com os filtros.

Rede Record compra rádios e TV Guaíba

Soube dessa notícia essa semana, fiquei chocada. Como boa "guaibeira" fiquei muito triste. Que lástima!

Num negócio que surpreendeu o mercado do Rio Grande do Sul, a Rede Record, vinculada à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), comprou as rádios Guaíba AM e FM, e a TV Guaíba, com sede em Porto Alegre. O valor da operação não foi informado, mas especulações indicam algo em torno de 100 milhões de reais (cerca de 46,5 milhões de dólares).

A transação foi confirmada pelo diretor administrativo-financeiro do Sistema Guaíba-Correio do Povo, Carlos Bastos Ribeiro. O jornal Correio do Povo e as operações do grupo na Internet não entraram no negócio. No ar desde abril de 1957, a Guaíba AM foi a primeira emissora do Rio Grande do Sul a transmitir do exterior uma Copa do Mundo, da Suécia, em 1958.

Em agosto de 1961, o governador do Rio Grande do Sul, Leonel de Moura Brizola, requisitou os transmissores da rádio Guaíba e instalou a Rede da Legalidade nos porões do Palácio Piratini, em Porto Alegre, integrada por emissoras do interior. Pelas ondas médias e curtas, Brizola conclamou os gaúchos a defenderem a normalidade constitucional e garantir a posse do vice-presidente da República João Goulart, após a renúncia, no dia 25 de agosto, do presidente Jânio Quadros.

A Guaíba AM está voltada à cobertura jornalística e esportiva. Já a Guaíba FM, criada em 1980, é uma rádio com programação musical, e a TV Guaíba, no ar desde março de 1979, caracterizava-se pela sua programação local, pois não estava vinculada a nenhuma rede nacional de tevê.

As emissoras de rádio e televisão, mais o jornal Correio do Povo, pertenciam ao empresário Breno Caldas, que vendeu o grupo, em 1986, ao empresário do agronegócio e economista Renato Bastos Ribeiro.

O presidente da Associação Riograndense de Imprensa (ARI), Ercy Pereira Torma, lamentou a venda de uma das únicas emissoras independentes de televisão no país e espera que as especulações de que a TV Guaíba venha a ser usada para fins religiosos “não sejam concretizadas, o que seria prejudicial para a sociedade”.

O Sindicato dos Radialistas do Rio Grande do Sul está preocupado pelo fato de uma instituição religiosa adquirir várias empresas de comunicação.

Já o presidente em exercício do Sindicato dos Jornalistas do Rio Grande do Sul, José Maria Nunes, entende que a aquisição da rádio e TV Guaíba pela Rede Record pode abrir uma concorrência maior no Estado. “Acredito que para o público será muito bom e que mais jornalistas sejam contratados com melhores condições de trabalho e possam investir no bom jornalismo”, declarou para o sítio web da ARI.

A TV Record entrou no ar, em São Paulo, no dia 17 de setembro de 1953. Em 1991, a emissora, que pertencia ao Grupo Sílvio Santos e ao empresário Paulo Machado de Carvalho, foi vendida para a IURD. A Record ampliou a programação, mantendo o jornalismo como carro-chefe, e deu início à formação de uma rede nacional.

Em 2006, informa o sítio da emissora na rede mundial de computadores, a Record consolidou-se na vice-liderança em faturamento publicitário e audiência, ficando atrás apenas da Rede Globo. Atualmente, a Record tem 13 emissoras próprias de televisão e mais de 100 afiliadas.

Fonte: ALC Noticias

24 de fevereiro de 2007

Wallpapers - Disney

The Cult - She Sells Sanctuary


Eis uma música que me trás grandes recordações. Nunca deixei de apreciá-la e sempre sinto um arrepio na espinha quando a ouço. She Sells Sanctuary pertence ao álbum Love, o segundo do The Cult, lançado em 1985. She Sells rugia como um leão africado em meio ao marasmo que havia se tornado a música POP de então. Só para vocês terem uma idéia. Em 1984, ano de lançamento do primeiro álbum da banda, apenas duas bandas 'roqueiras' insistentemente permaneciam nas paradas musicais. A saber: Van Halen, com seu excepcional álbum 1984, e o ZZTop. O resto era baba. Bom, mas perto de hoje, até 'babas' com The Cars a gente já vê com outros olhos. O som do The Cult era algo muito diferente. Um som enraizado nos anos 60 e mesmo assim muito moderno. Uma dose considerável de hard rock e punk rock. As revistas americanas, incapazes de rotular o som da banda, costumavam dizer que era "muito gótico para o público em geral, muito heavy para os góticos e muito progressivo para os punks". Inclassificável ou não, She Sells Sanctuary foi um sucesso estrondoso.

Na minha memória ela ficou marcada como a trilha sonora do verão de 1986. Foi um bom verão.

Ian Astbury saiu do The Doors e o The Cult está trabalhando num novo álbum, o primeiro desde 2001.

Os Números do BBB

Quanto custa o BBB para os bolsos do contribuinte? Recebi por e-mail. Não sei o autor. Seja quem for, meus parabéns. Sobre fazer um BBB 'inteligente' eu já brinquei muito com isso aqui em casa. Se a Globo fizesse um BBB comigo e alguns amigos (historiadores, programadores, geneticistas, biólogos) iríamos, com certeza, bater todos os recordes de audiência. Pela primeira vez na história a Globo teria ZERO de audiência!!!

- 29 milhões de ligações do povo brasileiro votando em algum candidato para ser eliminado do Big Brother.

- Vamos colocar o preço da ligação do 0300 a R$ 0,30. Então, teremos... R$ 8.700.000,00. Isso mesmo! Oito milhões e setecentos mil reais, que o povo brasileiro gastou ( e gasta ), em cada paredão!

- Suponhamos que a Rede Globo tenha feito um contrato "fifty to fifty" com a operadora do 0300, ou seja, ela embolsou R$4.350.000,00. Repito: Somente em um paredão!

- Alguém poderia ficar indignado com a Rede Globo e a operadora de telefonia ao saber que as classes menos letradas e abastadas da sociedade, que ganham mal e trabalham o ano inteiro, ajudam a pagar o prêmio do vencedor e, claro, as contas dessas empresas.

- Mas o "x" da questão, caro(a) leitor(a), não é esse. É saber que paga-se para obter um entretenimento vazio, que em nada colabora para a formação e o conhecimento de quem dela desfruta; mostra só a ignorância da população, além da falta de cultura e até vocabulário básico dos participantes e, consequentemente, daqueles que só bebem nessa fonte.

- Certa está a Rede Globo. O programa BBB dura cerca de três meses. Ou seja, o sábio público tem ainda várias chances de gastar quanto dinheiro quiser com as votações.

- Aliás, algo muito natural, para quem gasta mais de oito milhões numa só noite! Coisa de país rico como o nosso, claro!

- Nem a Unicef, quando faz o programa Criança Esperança, com um forte cunho social, arrecada tanto dinheiro.

- Vai ver, deveriam bolar um "BBB Unicef". Mas, tenho dúvidas se daria audiência. Prova disso, é que na Inglaterra, pensou-se em fazer um Big Brother só com gente inteligente. O projeto morreu na fase inicial, de testes de audiência. A razão? O nível das conversas diárias foi considerado muito alto, ou seja, o público não se interessaria.

Um dia eu vi um BBB italiano que achei interessante. Se passava numa vila romana antiga. E os participantes tinham que se virar prá fazer tudo. Desde a cama que dormiam à própria comida - sem forno de micro ondas, sem máquina de lavar, sem chuveiro elétrico ou a gás e obviamente sem tv! Pão sem fermento, leite de vaca, vinho nem pensar, uvinhas, meus caros. Se quiser suco de uvas, vá espremer...rs. Tudo artesanal, como era naquela época. Só não falavam latim, ai já seria sacanagem. Um BBB assim eu gostaria de participar. Se fosse no Egito Antigo ai sim eu ia me divertir.

23 de fevereiro de 2007

Simpatia pelo Demônio

Rolando na Jukebox...


Sympathy for the Devil
Rolling Stones

Essa semana perdi uma preciosidade no TVCult: Sympathy for the Devil, o filme. Cheguei em casa um pouco depois de ter iniciado. Shit! Filmado em 1968 e dirigido por Jean-Luc Godard Sympathy é um documentário sobre a Contra-Cultura do final dos sixties, obviamente sobre a ótica genial e peculiar de Godard. Os Stones aparecem no longa gravando, justamente, Sympathy for the Devil.

Fiquei com vontade de ouvir a canção e falar um pouco sobre ela. Adoro a linha do baixo e o piano sem falar no woo woo... woo woo...

Segundo Keith Richards, Sympathy nasceu em Copacabana quando ele, em férias no Brasil, viu uma oferenda a Iemanjá na praia. Desconhecendo as tradições brasileiras acreditou se tratar de VODU! E de lá surgiu a idéia de fazer uma canção sobre o 'capeta'. Originalmente SFTD deveria ser, pasmem, um samba! Não, não estou brincando. Mas, obviamente a idéia foi abandonada. Os Stones entendem de Rock´n´Roll, mas de samba? Putz, ai a coisa ficou um pouco mais complicada. Após muitas tentativas, mudanças de compasso [era prá ser lenta] finalmente chegaram naquele ritmo 'caribenho-samba-prá-gringo-ver' tão característico da canção.

SFTD foi lançada no álbum Beggars Banquet de 1968. Cantada por Mick Jagger na primeira pessoa sob o ponto de vista de Lúcifer. A letra ao que parece foi inspirada pelo romance The Master and Margarita de Mikhail Bulgarov.

Sympathy For The Devil
Rolling Stones

Composição: Mick Jagger/Keith Richards

Please allow me to introduce myself
I'm a man of wealth and taste
I've been around for a long, long years
Stole many a man's soul and faith

Por favor, permita que eu me apresente
Sou um homem de riquezas e bom gosto
Tenho estado por aí há muito, muito tempo
Muito roubei a alma e fé do homem

And I was 'round when Jesus Christ
Had his moment of doubt and pain
Made damn sure that Pilate
Washed his hands and sealed his fate

Eu estava por perto quando Jesus Cristo
Teve seu momento de dúvida e dor
Certifiquei-me que Pilatos
Lavasse suas mãos e selasse seu destino

Os Stones desde o início já demonstravam a sua rebeldia em canções como "Let's Spend the Night Together" mas SFTD elevou a banda ao patamar de "Satanista", "Adoradora do Demônio" cuja missão seria desvirtuar o caminho de pobres jovens incautos. Agora se prestarmos atenção na letra veremos vários indícios que o demônio citado é de fato, a humanidade. A própria bíblia não diz que o número da besta é o número do homem?

Pleased to meet you
Hope you guess my name
But what's puzzling you
Is the nature of my game

Prazer em conhecê-lo
Espero que adivinhe meu nome.
Mas o que está te intrigando
É a natureza de meu jogo.

I stuck around St. Petersburg
When I saw it was a time for a change
Killed the czar and his ministers
Anastasia screamed in vain

Estava por perto em São Petersburgo
Quando vi que estava na hora de uma mudança.
Matei o Czar e seus ministros
Anastasia gritou em vão.

Clara alusão a Revolução Russa de 1917, quando o Czar Nicolau II foi deposto e executado, assim como sua família e ministros. Anastasia era sua filha caçula.

I rode a tank
Held a general's rank
When the blitzkrieg raged
And the bodies stank

Circulei em um tanque
Mantive o posto de General
Quando a blitzkrieg eclodiu
E os corpos fediam.

Citação a Segunda Guerra Mundial.
Blitzkrieg (termo alemão para guerra-relâmpago) foi uma doutrina militar a nível operacional que consistia em utilizar forças móveis em ataques rápidos e de surpresa, com o intuito de evitar que as forças inimigas tivessem tempo de organizar a defesa.

Pleased to meet you
Hope you guess my name, oh yeah
Ah, what's puzzling you
Is the nature of my game, oh yeah
(woo woo, woo woo)

Prazer em conhecê-lo
Espero que adivinhe meu nome.
Mas o que está te intrigando
É a natureza de meu jogo.

I watched with glee
While your kings and queens
Fought for ten decades
For the gods they made
(woo woo, woo woo)

Assisti com alegria
Enquanto seus reis e rainhas
Lutaram por dez décadas
Pelos Deuses que criaram.

Guerra dos 100 anos entre a França e a Inglaterra (1337-1453)

I shouted out,
"Who killed the Kennedys?"
When after all
It was you and me
(who who, who who)

Gritei alto
"Quem matou os Kennedys?"
Quando, no final das contas,
Fui eu e você.

Assassinato dos irmãos John e Robert Kennedy. A frase original era "Who killed John Kennedy?" mas com o assassinado de Robert foi alterada para "who killed the Kennedys?"

Let me please introduce myself
I'm a man of wealth and taste
And I laid traps for troubadours
Who get killed before they reached Bombay
(woo woo, who who)

Por favor, permita que eu me apresente
Sou um homem de riquezas e bom gosto
Deixei armadilhas para os trovadores
Que acabaram mortos antes de alcançarem Bombaim.

Just as every cop is a criminal
And all the sinners saints
As heads is tails
Just call me Lucifer
'Cause I'm in need of some restraint
(who who, who who)

Assim como todo policial é um criminoso
E todos os pecadores são santos
E cabeças são caudas.
Apenas me chame de Lúcifer
Porque preciso de alguma restrição.

So if you meet me
Have some courtesy
Have some sympathy, and some taste
(woo woo)
Use all your well-learned politesse
Or I'll lay your soul to waste, um yeah
(woo woo, woo woo)

Então, se me encontrar por aí
Demonstre alguma cortesia,
Alguma simpatia e bom gosto
Use de toda polidez que conhece
Ou então tomarei sua alma.

Ufa...
O resto é repeteco...rs
A canção foi 'coverizada' um milhão de vezes, de Jane´s Addiction a Dave Matthews Band. Mas a versão que creio tenha sido a mais criativa e inovadora foi da banda eslovena Laibach.

Outra citação digna de nota está em V de Vingança
(V for Vendetta) de Alan Moore
Quando V encontra o bispo ele se apresenta da
mesma forma que na canção.
Nada mais apropriado.


Mensagem Subliminar em Lost

Lost abusa do clichê mais uma vez. Dessa vez são as famosas mensagens subliminares ao contrário! Mensagens desse tipo se tornaram bastante comuns na década de 70. Os Beatles teriam usado em Sgt. Peppers já em 1967, Led Zeppelin em Starway To Heaven e vai embora. A brincadeirinha táva na moda mesmo. Não dá prá negar que divertido, é...rs

Mas vamos a Lost. Essa noticia eu catei no site Jovem Nerd.

Que o pessoal de LOST adora esconder pistas e referências nós já estamos carecas de saber. Os 'números' aparecem em praticamente todos os episódios. Livros, LPs, músicas, camisas... Tudo que vemos ou ouvimos pode conter informações que nos ajudam, ou não, a entender os mistérios da ilha.

Atenção, Spoilers! Se vc não assistiu ao sétimo episódio da terceira temporada pode parar por aqui.

Existe uma mensagem clara na cena da lavagem cerebral, aonde Sawyer e Kate resgatam o namorado da Alex. Mas para poder ouvi-la você tem que escutar a cena de trás para a frente (!!!).

Como eu só acredito vendo - ou ouvindo, nese caso - capturei o áudio da cena e escutei de trás para frente. Está lá a mensagem "Only fools are enslaved by time and space" (Apenas tolos são escravizados pelo tempo e espaço).

A frase é repetida algumas vezes por vozes diferentes. Para ver, e ouvir, basta apertar o play. VAI!


Cena de trás para frente


Cena normal (sem textura)

É... Lost tá começando a me deixar intrigada.
Só espero que a série não siga o caminho de Arquivo X.

22 de fevereiro de 2007

Troque Seu Orkut Por Um Blog

Vintage69 aderindo a campanha!

Pelo uso inteligente do tempo online.
Pela (re)afirmação da cultura.
Pela interatividade real.
Pela inteligência colaborativa.
Pela conquista do espaço virtual aberto e livre.
Pela manutenção e recriação do português.
Pelo não ao voyeurismo tímido.
Pela cara a tapa.
Pela contribuição milionária de todos os pontos de vista.
Pelo mundo ao contrário.

Participe você também da campanha "Troque seu orkut por um blog".
O selo pode ser copiado e utilizado livremente.

Links para esta página mostram quem aderiu.

Samsung F700 - IPhone que se cuide!



iPhone já tem o seu rival!

Ai vem o Samsung Ultra Smart F700!
Além da tecnologia touchscreen usada o Iphone o celular tem também um teclado QWERTY e câmera de 5 megapixels! Mas o melhor fica por conta da sua incrível velocidade de 7.2 Mbps usando a rede HSDPA ou rede EDGE. Com esta velocidade, baixar uma música MP3 de 4 MB demoraria apenas 4.4 segundos!

Megadown 3.3

Nova versão do MegaDown. Bem mais leve e com suporte a novos sites.


PS: Alguém conseguiu baixar com o Rapidown?
Já tentei de tudo e os arquivos continuam corrompendo.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...